Para Paulo Guedes, combater privilégio é tirar de quem ganha R$ 2.231. Economista e dirigente da CUT rebatem e dizem que combate ao privilégio não é tirar da classe trabalhadora o direito à aposentadoria

 

Escrito por: Rosely Rocha
Fonte: CUT

Escreva um comentário

Rua XV de novembro, 270, sala 510, Centro, Curitiba-PR, CEP 80020-310, Fone (41)-33229885, Fax (41)-33245636, fetec@fetecpr.org.br