Primeira parcela do salário adicional, que seria paga só no final de maio, agora cairá na conta dos bancários em 29 de abril

O Bradesco anunciou nesta quinta-feira (2) que antecipará o pagamento da primeira parcela do 13º salário a seus funcionários para 29 de abril, um mês antes da data habitual de pagamento, 28 de maio. A medida dará um folego financeiro aos empregados em virtude da pandemia de coronavírus (Covid19).

O banco disse que tomou a medida para garantir folego financeiro aos trabalhadores em tempo de contingências, e que adiantou somente a primeira parcela para não comprometer o planejamento financeiro dos trabalhadores no fim do ano, quando será paga a segunda parcela.

Para Magaly Fagundes, coordenadora da Comissão de Organização dos Empregados (COE) do Bradesco, a medida é importante para os trabalhadores, pois aumenta a renda em um período excepcional de pandemia, mas ela lembra que o banco ainda não avançou em outras reivindicações da categoria. “Continuamos cobrando do Bradesco um comprometimento formal de não demitir trabalhadores durante o período de pandemia e que suspenda a cobrança de metas”, disse.

Fonte: Contraf-CUT

Escreva um comentário

Rua XV de novembro, 270, sala 510, Centro, Curitiba-PR, CEP 80020-310, Fone (41)-33229885, Fax (41)-33245636, fetec@fetecpr.org.br