Em reunião nesta sexta-feira (20/08), o CDN (Conselho Deliberativo Nacional) da Fenae (Federação Nacional das Associações de Pessoal da Caixa Econômica Federal) aprovou uma Moção de Apoio em defesa da representação dos empregados no Conselho de Administração (CA) da Caixa. O documento reforça o papel da conselheira Rita Serrano como voz dos trabalhadores contra a retirada de direitos e na luta por uma Caixa Pública.

A Moção destaca também a luta das entidades sindicais, associativas e dos trabalhadores para conseguirem ser representados no CA e destaca a conquista histórica para os empregados.

Confira a moção na íntegra:

Moção de Apoio

Defesa da representação dos empregados no CA da CAIXA.

A lei que permitiu a eleição de representantes dos empregados nos Conselhos de Administração das empresas públicas é do final de 2010 e foi resultado de longa luta das entidades sindicais, associativas e dos trabalhadores (as). É uma conquista histórica, posto que essa representação já é realidade há muitos anos em vários países: na Alemanha, por exemplo, metade dos conselheiros de empresas públicas e privadas é eleita. No Brasil, a lei garante a eleição somente de um trabalhador nas empresas públicas.

Rita Serrano vem cumprindo o papel de ser a voz dos empregados e de suas representações no Conselho de Administração da Caixa, defendendo de forma intransigente a Caixa Pública e os direitos dos empregados.

Por conta disso está sendo objeto de pressões, e, na tentativa de coerção ao exercício pleno do seu mandato, querem calar a sua voz.

Tentar calar a voz de um trabalhador/a é crime; uma violação de direitos, um ato antidemocrático.

Presidentes das Associações do Pessoal da Caixa das 27 unidades da federação, em reunião do CDN (Conselho Deliberativo Nacional) da FENAE (Federação Nacional das Associações do Pessoal da Caixa), aprovaram, por unanimidade, manifestar seu repúdio à perseguição à nossa representante no Conselho de Administração da Caixa, um espaço legítimo e necessário, que não deixaremos ser usurpado.

A perseguição, o assédio, as atitudes de desqualificação e criminalização aos representantes da categoria não serão aceitos.
O Conselho Deliberativo Nacional da Fenae exige respeito às garantias legais e legítimas da nossa representação no Conselho. Repudiamos todas as tentativas do Conselho e da direção da Caixa em coibir o exercício pleno do mandato da conselheira eleita pelos trabalhadores e trabalhadoras, Rita Serrano.

Fonte: Fenae

Escreva um comentário

Rua XV de novembro, 270, sala 510, Centro, Curitiba-PR, CEP 80020-310, Fone (41)-33229885, Fax (41)-33245636, fetec@fetecpr.org.br