Rua XV de novembro, 270, sala 510, Centro, Curitiba-PR, CEP 80020-310, Fone (41)-33229885, Fax (41)-33245636, fetec@fetecpr.org.br
 
 
publicado em 20 de junho de 2018 às 14:21:
Congresso da UNI Global(Sindicato Mundial) debate paz e democracia

Evento está acontecendo em Liverpool, de 14 a 20 de junho.

Está sendo realizado, entre os dias 14 e 20 de junho, o 5° Congresso Mundial da UNI Global Union, em Liverpool. A UNI Global é um sindicato mundial que representa mais de 20 milhões de trabalhadores de 900 entidades do setor de serviços em diversos países do mundo, entre eles o Sindicato dos Bancários e Financiários de Curitiba e região.


Fotos: SEEB Curitiba

Nos dias 15 e 16 de junho, mais de 450 dirigentes sindicais mulheres de inúmeros países reuniram-se na 5ª Conferência Mundial de Mulheres da UNI Global, discutindo, sobretudo, formas de combate à violência de gênero. A partir do dia 17, mais de 600 dirigentes iniciaram outros importantes debates, como economia sustentável, o futuro do mundo do trabalho diante das tecnologias, direitos humanos, democracia e paz. Intitulado Making it Happen! (Fazer acontecer!), o evento conta com a participação da diretora do Ramo Financeiro do Sindicato, Katlin Salles.

“Trata-se de um Congresso muito rico, que nos possibilita um aprendizado valoroso por meio da troca de experiências com representantes de todo o mundo. Neste momento, compreendemos como é importante a união dos sindicatos mundo afora, pois o Capital faz acordos globais visando apenas ao lucro e prejudicando os trabalhadores. Por isso, precisamos romper barreiras e atravessar fronteiras, fazendo também acordos globais para defender os trabalhadores”, resume Katlin.

A dirigente sindical destaca que Liverpool, sede do Congresso, é considerada a cidade mais democrática do mundo. O evento contou ainda com a participação do atual prefeito e ex-sindicalista, representante dos trabalhadores marinheiros, Joe Anderson, que defende a necessidade de ofertar aos jovens ferramentas e espaço para que sejam protagonistas. “Não devemos aguardar o governo ideal, precisamos de uma luta organizada, pois somente assim encontraremos uma saída para os atuais problemas, através da paz e da democracia”, traduz Katlin.

Avaliação
“As políticas de austeridade, aplicadas em vários países mundo afora, assim como no Brasil, aliadas à retirada de direitos dos trabalhadores, têm causado uma convulsão no mundo do trabalho. Por outro lado, 85% da população global quer e precisa de uma nova regulamentação salarial. Esse grave conflito de interesse precisa ser resolvido de maneira mais igualitária entre o Capital e Trabalho. Por isso, é preciso que continuemos acreditando no poder de organização e transformação que o sindicato é capaz de fazer. Neste sentido, o 5° Congresso da UNI Global Union tem mostrado que a unidade entre os trabalhadores e trabalhadoras será fundamental para termos êxito no futuro do mundo do trabalho!”, avalia Júnior César Dias, presidente da Fetec-CUT-PR.

Renata Ortega
SEEB Curitiba

deixe seu comentário

 
últimas notícias
13 de julho de 2018
  Bancos não assinam a ultratividade e frustram bancários
11 de julho de 2018
  Procon lacra agências do Bradesco em Londrina pela demora no atendimento
10 de julho de 2018
  1º Encontro de Aposentados será nesta terça, 10 de julho, em Curitiba, a partir...
10 de julho de 2018
  Ato pela democracia traz a Curitiba blogueiro que teve quebra de sigilo de fonte...
5 de julho de 2018
  Temer propõe congelamento de salário dos servidores e fim de concurso público
  © Copyright 2011. Todos os direitos reservados.
WebmaniaBR® - Ideias em códigos