Com o retardamento em uma hora na abertura de agências, o Sindicato de Londrina participou do Dia Nacional de Mobilização dos funcionários e funcionárias do Banco do Brasil contra a reestruturação e o corte de direitos.

A ação do Sindicato nesta sexta-feira (19/02) envolveu as agências Calçadão, Av. Higienópolis, Av. Inglaterra, Tiradentes, Av. Bandeirantes, Saul Elkind e da Rua Araguaia.

Com faixas, foi denunciado o desmonte do banco que também vai prejudicar milhões de brasileiros e brasileiras pela precarização no atendimento e até da falta dele nas cidades onde serão fechadas agências.

“Queremos respostas e respeito da direção do Banco do Brasil para as nossas reivindicações. A decisão da Justiça em manter a gratificação dos caixas é uma prova de que estamos certos em cobrar o cumprimento do Acordo Coletivo e da legislação que estabelece os direitos que o banco quer cortar agora em qualquer negociação com o movimento sindical”, argumenta Laurito Porto de Lira Filho, diretor do Sindicato de Londrina.

Texto: Armando Duarte Jr.

Fonte: Vida Bancária

Escreva um comentário

Rua XV de novembro, 270, sala 510, Centro, Curitiba-PR, CEP 80020-310, Fone (41)-33229885, Fax (41)-33245636, fetec@fetecpr.org.br