Mobilização dos trabalhadores tem por objetivo melhorias nas condições de trabalho

Foto: Joka Madruga/Seeb Curitiba

Bancários de todo o Brasil, realizam nessa quarta-feira, 23 de novembro, um Dia Nacional de Lutas contra a transição catastrófica feita pelo Bradesco e por melhores condições de trabalho. Em Curitiba e região estão fechadas 14 agências e 1 centro administrativo. São priorizadas as agências ex-HSBC: Ahú, Alto da XV, Bacacheri, Brasílio Itiberê, Avenida Brasília, Cristo Rei, Jardim Social, João Negrão, Marechal Deodoro, Marechal Floriano, Pinheirinho, Portão, Salgado Filho e Palácio Avenida.

Os bancários nas agências oriundos do HSBC não receberam treinamento adequado para interagir com o sistema do Bradesco e a transição mal planejada vem prejudicando funcionários e clientes. Os problemas no sistema prejudicaram os clientes que tiveram dificuldades para obter e validar os novos cartões do Bradesco e problemas para cadastrar a biometria, além de esperarem horas nas filas.

Já os funcionários ex-HSBC, estão sendo hostilizados pelos clientes, que não conseguiam ter seus problemas resolvidos, além disso, houve extrapolação da jornada em mais de duas horas extras diárias, transgredindo a legislação trabalhista, houve desrespeito ao intervalo de refeição, e mesmo sem conseguir interagir com o sistema continuavam sendo cobrados por metas e vender produtos.

“Bradesco, que gastou muito com o patrocínio das olimpíadas, não se esforçou para trazer reforço de funcionários de outros estados para auxiliar na integração e dar treinamento, por isso o Dia de Lutas se faz necessário. Queremos que o Bradesco resolva os problemas de transição”, afirma Ademir Vidolin, secretário de saúde e condições de trabalho da Fetec-PR

O presidente do Sindicato, Elias Jordão, relata que o ato era muito aguardado pelos trabalhadores, para que  o movimento sindical intervisse nessa situação de migração, que tem trazido inúmeros problemas.

“Além das demandas gerais de âmbito nacional, temos nossas demandas locais e ainda estamos aguardando respostas do banco, enquanto não tivermos essas respostas, a luta continua!” Afirma Jordão.

Foto Joka Madruga/Seeb Curitiba

SEEB Curitiba

Escreva um comentário

Rua XV de novembro, 270, sala 510, Centro, Curitiba-PR, CEP 80020-310, Fone (41)-33229885, Fax (41)-33245636, fetec@fetecpr.org.br