Como está a saúde do empregado e aposentado Caixa? Para responder essa pergunta, a Federação Nacional das Associações do Pessoal da Caixa Econômica Federal (Fenae) inicia uma pesquisa, por amostra, junto aos trabalhadores ativos e os aposentados. Os dados coletados irão guiar a Fenae e as Apcefs na construção de ações de saúde e bem-estar, além de orientar nas reivindicações junto à Caixa, para melhorar as condições de trabalho dos empregados.

Acesse aqui para participar

“As entidades representativas e a Fenae sempre reivindicaram a atenção para a saúde dos empregados da Caixa. Na pandemia, sabemos que a saúde mental dos trabalhadores ficou ainda mais comprometida. Com a pesquisa, vamos conseguir mapear melhor onde estão os problemas e propor soluções para melhorar a vida dos empregados e aposentados”, destacou o presidente da Fenae, Sergio Takemoto.

A pesquisa será aplicada pela empresa Acerte Pesquisa e Comunicação e irá reunir opiniões e experiências que os empregados Caixa têm sobre a sua saúde física e mental, dentro e fora do trabalho. Os formulários serão encaminhados aos trabalhadores pela empresa e as informações fornecidas pelos empregados serão mantidas anônimas, como sempre feito pela Fenae, não identificáveis em qualquer relatório, em acordo com a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD).

“É importante a participação de todos nesta pesquisa. Com ela vamos conseguir ampliar nossas ações para defender os direitos dos empregados”, reforçou Takemoto.

A diretora de Saúde e Previdência da Fenae, Fabiana Matheus, ressaltou que a pesquisa é uma atualização do estudo já feito em 2018 e 2019, pela Fenae.  “Com a pesquisa conseguiremos ver como está a saúde de todos, principalmente depois desta pandemia. E os resultados irão subsidiar ações das entidades na melhoria da saúde dos trabalhadores ativos e aposentados da Caixa”, afirmou.

Fonte: Fenae

Escreva um comentário

Rua XV de novembro, 270, sala 510, Centro, Curitiba-PR, CEP 80020-310, Fone (41)-33229885, Fax (41)-33245636, fetec@fetecpr.org.br