Financiários realizaram a primeira mesa de negociação do ano com a Federação patronal.

O Comando de Negociação dos Financiários da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT), realizou no dia 15 de maio a primeira reunião do ano com a Federação Interestadual das Instituições de Crédito de Financiamento e Investimento (Fenacrefi). A primeira pauta a ser debatida foi um dos principais impasses da negociação durante a Campanha Nacional 2018: a jornada de trabalho aos finais de semana. Sem a concordância do movimento sindical, a cláusula foi retirada da CCT 2018/2020.

 

(Foto: Contraf-CUT).

Os representantes patronais sinalizam um forte interesse em que os trabalhadores tenham a jornada estendida para o sábado e o domingo e que isso esteja na próxima CCT. A entidade patronal irá enviar nos próximos dias sua sugestão, para ser analisada pelo movimento sindical.

“Sabemos que existem muitos trabalhadores que desempenham a atividade de financiário e que estão fora da categoria, e isso implica na aplicação das vantagens legais e convencionais, estabelecida na Convenção Coletiva de Trabalho dos financiários. Nosso principal objetivo é que o trabalhador tenha seu correto enquadramento”, destaca Katlin Salles, secretária do Ramo Financeiro do Sindicato dos Bancários e Financiários de Curitiba e região.

“Com os impactos da Reforma Trabalhista, a maior já realizada no sistema de relações de trabalho, precisamos proteger os direitos trabalhistas que estão fragilizados. Não podemos correr o risco de alterar a jornada dos trabalhadores que já estão na categoria sem a garantia de beneficiar novos trabalhadores”, completa Eliane Rocha, representante dos financiários na Fetec-CUT-PR.

Fonte: SEEB Curitiba, com informações da Contraf-CUT

Escreva um comentário

Rua XV de novembro, 270, sala 510, Centro, Curitiba-PR, CEP 80020-310, Fone (41)-33229885, Fax (41)-33245636, fetec@fetecpr.org.br