A Secretaria do Trabalho, Emprego e Promoção Social, em parceria com a Secretaria de Educação, o Ministério Público e a Delegacia Regional do Trabalho, realizou em Curitiba, entre os dias 28 e 31 de agosto, o Seminário da Pessoa com Deficiência e Mercado de Trabalho – Promoção da Acessibilidade, encontros voltados a orientar empresas com mais de 100 funcionários que devem cumprir a Lei 8.298/93, conhecida como Lei de Cotas.

Cada um dos dias reuniu cerca de 100 representantes de empresas, que receberam informações sobre a legislação vigente, as responsabilidades sociais, além de conhecerem o trabalho desenvolvido pela Secretaria no âmbito do Sistema Público de Emprego, como explica a coordenadora estadual da Intermediação de Mão-de-Obra, Angela Carstens. “A Secretaria desenvolve no Paraná o Programa de Apoio à Pessoa com Deficiência, o PPD, e através dele os atendentes das Agências do Trabalhador cadastram empresas com vagas para deficientes e trabalhadores com deficiência. Dependendo das características da vaga e da deficiência do trabalhador, nós promovemos a intermediação entre eles”, comenta Angela.

Ela explica que quando o trabalhador se cadastra na Agência é feita a identificação das suas habilidades e, quando possível, encaminhado para algum curso de qualificação. Para as empresas, completa ela, a Secretaria oferece um mapeamento gratuito, em que são desenhadas quais as atividades podem ser desempenhadas por pessoas com deficiência, sem mudar muito a estrutura e o andamento da empresa. “Nós oferecemos esse mapeamento para que as empresas sintam menos alterações e, conseqüentemente, menos resistência ao receber esse trabalhador, o que inclusive facilita o convívio dele com os demais funcionários”, destaca.

O secretário do Trabalho, Emprego e Promoção Social, Nelson Garcia, comenta que os seminários fazem parte dos trabalhos do órgão para integrar ações de governo com a sociedade civil, e promover inclusão social. “Essa é mais uma ação integrada que nós realizamos com o único objetivo de promover os cidadãos excluídos, que é o caso das pessoas com deficiência. Esse é o compromisso do Governo Roberto Requião, e esse compromisso é o nosso foco de trabalho”, afirma ela.

Palestras sobre o “Dever do cumprimento da Lei de Cotas”, a “Responsabilidade social das empresas”, a “Caracterização da pessoa com deficiência” e “Como trabalhar com diferentes” também foram ministradas durante os quatro dias de encontros em Curitiba.

ESTADO – Ao todo, estão previstos 18 Seminários como esses, distribuídos por todas as regiões do Paraná, e mais de 2 mil participantes de empresas. O calendário de encontros se encerra em setembro, quando forem finalizados os Seminários de Araucária (3/9), Colombo (4/9), São José dos Pinhais (5/9), Maringá (12/9), Cianorte (13/9), Ponta Grossa (25/9), Guarapuava (26/9) e Pato Branco (26/9).

Em todos os encontros participam, além dos profissionais de recursos humanos das empresas com mais de 100 funcionários, técnicos dos Escritórios Regionais da SETP, gerentes de Agências do Trabalhador e representantes do poder público dos municípios.

NOTÍCIA COLHIDA NO SÍTIO www.aenoticias.pr.gov.br.

Escreva um comentário

Rua XV de novembro, 270, sala 510, Centro, Curitiba-PR, CEP 80020-310, Fone (41)-33229885, Fax (41)-33245636, fetec@fetecpr.org.br