Rua XV de novembro, 270, sala 510, Centro, Curitiba-PR, CEP 80020-310, Fone (41)-33229885, Fax (41)-33245636, fetec@fetecpr.org.br
 
 
publicado em 9 de outubro de 2018 às 13:16:
MDB, Patriota e PSD lideram barrados na Lei da Ficha Limpa em 2018

Justiça eleitoral barrou 96 das 2.636 candidaturas contestadas pelo Ministério Público Eleitoral e o partido com maior número de candidaturas barradas é o MDB

De acordo com levantamento do site Congresso em Foco, o partido político que lidera o ranking de candidaturas barradas pela Lei da Ficha Limpa nas eleições de 2018 é o MDB, partido do Temer.

O MDB teve oito candidaturas barradas, seguido do Patriota e do PSD, com sete candidaturas; Avante, Podemos, PDT, PHS e PRTB, com cinco registros negados; dois do PSDB.

A chamada Lei da Ficha Limpa (lei complementar nº 135/2010) foi criada durante o governos Lula e estabelece restrição de oito anos para mandatários que perderem seus cargos por infringir constituições de Estados e Municípios, e também para os condenados com trânsito em julgado na justiça eleitoral ou colegiada, por abuso do poder econômico ou político, assim como para condenações com trânsito em julgado, quando não cabe mais recurso, na justiça comum, além de quem tem restrição política.

Apesar da decisão da justiça eleitoral de barrar 96 candidaturas, não se estendeu, por exemplo, ao ex-governador Beto Richa (PSDB) e ao ex-ministro Ricardo Barros (PP), que acabou se elegendo, mas ambos foram denunciados pelo Ministério Público Eleitoral, que contestou 30 candidaturas no Paraná.

Confira a lista de candidaturas barradas por partido:

MDB – 8
Patriota – 7
PSD – 7
Avante – 5
Podemos – 5
PDT – 5
PHS – 5
PRTB – 5
Solidariedade – 4
PRP – 4
PTC – 4
Pros – 4
PT – 4
DEM – 3
PP – 3
PR – 3
PRB – 3
PSDB – 2
PMN – 2
PSB – 2
PSC – 2
Psol – 2
DC – 1
PC do B – 1
PCO – 1
PPL – 1
PSL – 1
PTB – 1

deixe seu comentário

 
últimas notícias
5 de julho de 2019
  Reforma da Previdência é aprovada na madrugada e vai a plenário na próxima terça
4 de julho de 2019
  Sem capitalização, setor financeiro tenta incluir ‘securitização’ na reforma da Previdência
3 de julho de 2019
  Como a Frente Evangélica votará a Reforma da Previdência?
2 de julho de 2019
  Previdência: substitutivo aprofunda desconstitucionalização
28 de junho de 2019
  CUT e centrais intensificam luta contra reforma da Previdência nos próximos dias
  © Copyright 2011. Todos os direitos reservados.
WebmaniaBR® - Ideias em códigos