O movimento sindical realiza, nesta quinta-feira (11), dois atos em defesa dos associados do Economus, o plano de previdência complementar e o administrador da assistência médico-hospitalar dos funcionários da antiga Nossa Caixa (BNC), incorporada pelo Banco do Brasil em 2009.

O primeiro ato, que acontecerá a partir das 11h da manhã, será um tuitaço cobrando #CassiEePreviParaTodos os trabalhadores da ativa e aposentados do banco incorporado pelo BB. Às 14h, será realizado um ato em frente à sede do Economus.

“A diretoria do Banco do Brasil tem em mãos uma proposta dos sindicatos para estender o atendimento da Cassi e Previ para todos os funcionários do banco, sem discriminação. Essa proposta foi entregue em outubro de 2020, durante a negociação da renovação do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) vigente”, explicou o coordenador da Comissão de Empresa dos Funcionários do Banco do Brasil (CEBB), João Fukunaga.

O movimento sindical cobra a abertura de um processo negocial para debater os problemas do Economus e dos sucessivos reajustes nos planos de saúde, que vem ocorrendo desde 2018. O mais recente reajuste aconteceu em setembro deste ano, aumentando consideravelmente o custeio da assistência à saúde para os funcionários oriundos da Nossa Caixa.

Na quarta-feira (17), os sindicatos voltam a realizar atividades nas portas das agências e unidades do BB e do Economus, incluindo o movimento nas redes sociais com um tuitaço às 11h.

Veja, a seguir, o calendário de lutas:

11/11 – Quinta-feira
11h – Tuitaço
14h – Ato em frente à sede do Economus

17/11 – Quinta-feira
Atividades nas portas das agências e unidades do banco durante todo o dia
11h – Tuitaço

Fonte: Contraf-CUT

Escreva um comentário

Rua XV de novembro, 270, sala 510, Centro, Curitiba-PR, CEP 80020-310, Fone (41)-33229885, Fax (41)-33245636, fetec@fetecpr.org.br