Usuários da agência do Banco do Brasil no bairro Santa Felicidade, em Curitiba, estão reclamando do descaso do banco com os clientes. Segundo relatos dos correntistas, há apenas um caixa para atender toda a população.

A agência, que recebeu o trocadilho de “tanta atrocidade”, recebe um movimento grande, inclusive de cidades próximas em que o BB foi fechado, o que acaba gerando todo este transtorno. A situação não é muito melhor para o caixa, que mal tem tempo para poder usar o banheiro por conta da fila que se forma no local.

Representantes sindicais já tentaram entrar em contato com o substituto da agência, porém o mesmo não atende às ligações, tentando varrer o problema para debaixo do tapete.

Enquanto isso, segue o desrespeito tanto para os correntistas quanto para quem trabalha neste local.

“Destruturação” do BB

O problema verificado nesta agência não é exclusivo dela ou de Curitiba. No início do ano, graças a uma ideia absurda vinda de Paulo Guedes e Jair Bolsonaro, o BB passou por uma “reestruturação” (que deveria se chamar “destruturação”) que fez com que agências fossem fechadas e milhares de trabalhadores fossem demitidos.

É mais uma amostra do escárnio do atual governo com a população. Certamente querem sucatear o banco para que ele seja privatizado no futuro. Uma medida desta contra o banco que fomenta a agricultura no País certamente vai encarecer ainda mais o preço dos alimentos, que, graças a Bolsonaro, já está alto devido à inflação.

Fonte: Fetec

Escreva um comentário

Rua XV de novembro, 270, sala 510, Centro, Curitiba-PR, CEP 80020-310, Fone (41)-33229885, Fax (41)-33245636, fetec@fetecpr.org.br