Rua XV de novembro, 270, sala 510, Centro, Curitiba-PR, CEP 80020-310, Fone (41)-33229885, Fax (41)-33245636, fetec@fetecpr.org.br
 
 
publicado em 10 de Janeiro de 2019 às 10:28:
Procon fecha Bradesco: Mais gente menos máquina
 Procon Municipal de Palhoça fechou por 24 horas a agência do Bradesco, localizada no Centro da cidade por descumprimento da legislação vigente sobre as normas de atendimento ao público, especialmente no tocante às filas. O Sindicato dos Bancários de Florianópolis e Região está buscando uma solução para o problema há bastante tempo, ciente de que este é apenas mais um reflexo da falta de trabalhadores nos bancos.
Seeb Florianópolis

Seeb FlorianópolisNa tarde desta quarta-feira, dia 9, o

A Lei Municipal nº 1110/2000 prevê, que as agências bancárias deverão colocar à disposição dos seus usuários, pessoal suficiente e necessário, no setor de caixas, para que o atendimento seja efetivado em tempo razoável. Pela chamada “Lei da Fila”, considera-se tempo razoável, “o prazo máximo de vinte minutos em dias normais e de trinta minutos em véspera de feriados prolongados, ou após os mesmos”.

De acordo com Cleberson Pacheco Eichholz, Secretário de Comunicação do Sindicato “enquanto os bancos batem recordes de lucros, seguem reduzindo o número de funcionários nas unidades e, por consequência, sobrecarregando os trabalhadores, prejudicando o atendimento ao público e empurrando os clientes para lotéricas ou correspondentes”.

Durante todo o dia a direção do Sindicato esteve presente na agência dialogando com a população alertando para que as pessoas reclamem nos órgãos de fiscalização para que tenham seu direito respeitado.

A situação é antiga, mas as instituições financeiras parecem não se importar se estão detonando com a saúde dos bancários e causando transtornos a clientes e usuários. A contratação de mais trabalhadores tem sido pauta constante nas nossas Campanhas. Em 2019 os problemas continuam. A nossa bandeira por mais empregos também.

A direção do SEEB Floripa destaca que a mobilização é o caminho para o enfrentamento deste descaso dos bancos, não podemos aceitar que com o lucro estratosférico auferido pelas instituições financeiras problemas como este estejam acontecendo. A população precisa se mobilizar junto com os bancários cobrando mais dignidade e respeito!

Fonte: Sindicato dos Bancários de Florianópolis

deixe seu comentário

 
últimas notícias
9 de Janeiro de 2019
  Desmonte dos bancos públicos agravará crise econômica, avaliam especialistas
8 de Janeiro de 2019
  Novos presidentes de bancos públicos têm cabeça de banqueiros privados
7 de Janeiro de 2019
  Justiça nos EUA: Comparar o incomparável
4 de Janeiro de 2019
  Bolsonaro cogita possibilidade de extinção da Justiça do Trabalho
3 de Janeiro de 2019
  Carta das centrais sindicais ao presidente da República Jair Bolsonaro
  © Copyright 2011. Todos os direitos reservados.
WebmaniaBR® - Ideias em códigos