Rua XV de novembro, 270, sala 510, Centro, Curitiba-PR, CEP 80020-310, Fone (41)-33229885, Fax (41)-33245636, fetec@fetecpr.org.br
 
 
publicado em 17 de Abril de 2017 às 10:24:
Redução da Taxa Selic em 1% somente acompanha a inflação e não alivia a recessão

13/04/2017

O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central anunciou, na noite de quarta-feira (12), a redução da taxa Selic em um ponto percentual, de 12,25% para 11,25%.  Embora alardeada como muito positiva pela imprensa, segundo análise feita pelo Dieese, a redução somente acompanha a expectativa de queda da inflação e terá pouco impacto sobre a forte recessão porque passa a economia brasileira, com todos os seus impactos nefastos na produção, emprego e renda.

Em termos reais, os juros no Brasil seguem elevadíssimos. Entre outubro de 2015 e abril de 2017 observaram-se as taxas de juros reais mais altas da série analisada, que variaram de 6,79% a 10,81% ao ano, a medida é aparente e a manutenção de patamares elevados da taxa real de juros no Brasil é um forte constrangimento à retomada do crescimento.

Segundo o presidente da Contraf-CUT, Roberto Von der Osten, o Brasil continuará na liderança mundial dos juros reais. “Não se pode comemorar a queda da taxa de juros no Brasil. A taxa real permanece em 7,08% a.a. É uma medida tímida que expressa a ausência de um plano para a recuperação da economia brasileira. O país não sairá da recessão enquanto não houver uma redução dos patamares dos juros reais, que permitam a volta dos investimentos”, avaliou.

Mais recessão e desemprego

Com a Selic alta, as empresas encontram dificuldades para financiar seus investimentos, reduzem sua capacidade produtiva e fecham suas portas.  O desemprego aumenta, a renda em circulação cai e o consumo em baixa afeta mais ainda as empresas que tentam sobreviver.

Segundo o IBGE, o desemprego entre dezembro e fevereiro bateu novo recorde e chegou a 13,2%. Pela primeira vez, o número de desempregados ultrapassou os 13 milhões: ao todo, foram 13,5 milhões de pessoas procurando emprego no período.

Fonte: Contraf-CUT e Dieese

deixe seu comentário

 
últimas notícias
18 de Abril de 2018
  Hoje(18), Seis centrais sindicais estarão com Lula – 1º de maio unificado em Curitiba
16 de Abril de 2018
  Vizinhos da PF abrem a casa e colaboram com acampamento “#Lula Livre”
15 de Abril de 2018
  Datafolha: Lula segue líder com folga na pesquisa
14 de Abril de 2018
  Inquéritos que envolvem tucanos contam com trâmite ‘diferenciado’
10 de Abril de 2018
  PARANÁ PARTICIPA DO 5º CONGRESSO DA CONTRAF CUT
  © Copyright 2011. Todos os direitos reservados.
WebmaniaBR® - Ideias em códigos