Dieese divulga Perfil do Bancário Paranaense no ano de 2018 e mostra que, apesar da queda na remuneração nos anos de 2016 e 2017, trabalhador acumulou 119,98% de reajuste desde 2006

O movimento sindical bancário é o único do país que possui uma consolidada negociação coletiva com unidade nacional e que beneficia todos os trabalhadores com a mesma convenção coletiva de trabalho e o mesmo reajuste de norte a sul.

A partir da Relação Anual de Indicadores Sociais (RAIS), que disponibiliza dados sobre o emprego formal no país, o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE) realizou levantamento sobre o perfil do trabalhador bancário no Paraná.

De acordo com o Dieese, o bancário paranaense tem média salarial 119,98% maior em 2018 do que tinha em 2006, sendo que desse percentual de reajuste nos salários, 10,07% foi de aumento real, acima da inflação. Nesse período, somente nos anos de 2016 e 2017 houve queda no valor médio salarial de 5,25%.

As mulheres bancárias ainda recebem 23,1% a menos que os salários dos homens exercendo a mesma função. Elas representam 49,3% da categoria no Estado.

Perfil dos Bancários Paranaenses:

  • 85% com ensino superior completo
  • 50,7% são homens
  • 39% tem entre 30 e 39 anos
  • 49,8% tem menos de três anos no emprego

Escreva um comentário

Rua XV de novembro, 270, sala 510, Centro, Curitiba-PR, CEP 80020-310, Fone (41)-33229885, Fax (41)-33245636, fetec@fetecpr.org.br