Regiane Portieri, presidenta do Sindicato de Londrina, na reunião com a Superintendência da Caixa

Regiane Portieri, presidenta do Sindicato de Londrina, na reunião com a Superintendência da Caixa

TERÇA-FEIRA, 11/04/2017

O Sindicato de Londrina esteve reunido nesta terça-feira (11/04) com a Superintendência Regional da Caixa Econômica Federal para discutir a situação das agências devido ao atendimento das contas inativas do FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço).

Com esse processo, tanto no último sábado (8), quanto na segunda-feira (10), o movimento foi intenso, gerando uma sobrecarga enorme de trabalho para os empregados.

“A procura pelos serviços da Caixa foi muito grande e a falta de pessoal foi evidente. Essa situação se agrava ainda mais por conta dos desligamentos do PDVE (Plano de Demissão Voluntária Extraordinário) e pela não reposição das vagas. Já faltavam funcionários, agora ficou pior”, ressalta Regiane Portieri, presidenta do Sindicato de Londrina.

Diante desse cenário em que as condições de trabalho não são adequadas, Regiane afirma que foram cobradas da Superintendência da Caixa providências no sentido de readequar a forma de atendimento para viabilizar o saque das contas do FGTS, visando garantir a saúde e os direitos dos bancários e bancárias.

Por isso, o Sindicato irá monitorar a jornada e as condições de trabalho nas agências.

Escreva um comentário

Rua XV de novembro, 270, sala 510, Centro, Curitiba-PR, CEP 80020-310, Fone (41)-33229885, Fax (41)-33245636, fetec@fetecpr.org.br