[email protected] | (41) 3322-9885 | (41) 3324-5636

Por 09:27 Notícias

Santander Banespa: Berzoini vai pedir explicações ao banco

(São Paulo) Durante a audiência realizada na tarde de sexta-feira (30), com presença de diretores da CNB/CUT e da Comissão de Organização dos Empregados do Grupo Santander Banespa, o ministro do Trabalho, Ricardo Berzoini, afirmou que pedirá explicações ao Banco Santander Banespa sobre o fechamento de agências e o processo de demissões em curso na instituição e se comprometeu a ajudar as entidades sindicais na solução do problema.
Para o secretário de Finanças da CNB/CUT, Paulo Stekel, que participou da audiência, a intervenção do ministro será muito importante para barrar o processo de demissões. “O Brasil está se esforçando para reduzir o desemprego e as notícias têm sido positivas, mas os bancos, apesar de não enfrentarem crise, estão na contramão e causando mais desemprego”, reforçou.
Na audiência, os bancários denunciaram ao ministro do Trabalho a decisão do Santander de fechar 14 agências no próximo dia 13 de agosto, as demissões que estão feitas pelo banco – apenas em fevereiro foram cerca de 500 – e a falta de disposição do banco em negociar com seus funcionários. Na quinta-feira passada deveria ter ocorrido uma rodada de negociações, mas foi cancelada a pedido do banco.
O diretor da CNB/CUT, reforçou que no próximo dia 4, será realizado um dia nacional de atividades com a distribuição de carta-aberta à população, denunciando a situação dos empregados, o fechamento de agências, as ameaças de mais demissões e a precarização do atendimento nas agências. A CNB/CUT está preparando a carta e enviará às entidades sindicais. Também no dia 4 deverá ocorrer uma entrevista coletiva à imprensa sobre o tema.
Meire Bicudo – CNB/CUT

Por 09:27 Sem categoria

Santander Banespa: Berzoini vai pedir explicações ao banco

(São Paulo) Durante a audiência realizada na tarde de sexta-feira (30), com presença de diretores da CNB/CUT e da Comissão de Organização dos Empregados do Grupo Santander Banespa, o ministro do Trabalho, Ricardo Berzoini, afirmou que pedirá explicações ao Banco Santander Banespa sobre o fechamento de agências e o processo de demissões em curso na instituição e se comprometeu a ajudar as entidades sindicais na solução do problema.

Para o secretário de Finanças da CNB/CUT, Paulo Stekel, que participou da audiência, a intervenção do ministro será muito importante para barrar o processo de demissões. “O Brasil está se esforçando para reduzir o desemprego e as notícias têm sido positivas, mas os bancos, apesar de não enfrentarem crise, estão na contramão e causando mais desemprego”, reforçou.

Na audiência, os bancários denunciaram ao ministro do Trabalho a decisão do Santander de fechar 14 agências no próximo dia 13 de agosto, as demissões que estão feitas pelo banco – apenas em fevereiro foram cerca de 500 – e a falta de disposição do banco em negociar com seus funcionários. Na quinta-feira passada deveria ter ocorrido uma rodada de negociações, mas foi cancelada a pedido do banco.

O diretor da CNB/CUT, reforçou que no próximo dia 4, será realizado um dia nacional de atividades com a distribuição de carta-aberta à população, denunciando a situação dos empregados, o fechamento de agências, as ameaças de mais demissões e a precarização do atendimento nas agências. A CNB/CUT está preparando a carta e enviará às entidades sindicais. Também no dia 4 deverá ocorrer uma entrevista coletiva à imprensa sobre o tema.

Meire Bicudo – CNB/CUT

Close