[email protected] | (41) 3322-9885 | (41) 3324-5636

Por 11:18 Sem categoria

Bancos vão oferecer certificados digitais

Os bancos passarão a oferecer a seus clientes o acesso aos certificados digitais, conhecidos como CPF e CNPJ eletrônicos. A previsão da Febraban (Federação Brasileira de Bancos) é que até o final do ano entre 500 mil e 1 milhão de correntistas tenham suas assinaturas digitais.

O certificado (ou assinatura) digital é um mecanismo, com validade jurídica, que permite ao cidadão realizar operações eletrônicas -não só bancárias- com alto nível de segurança.

Ontem, a Receita Federal e a Febraban assinaram convênio que estenderá à rede bancária a possibilidade de oferecer os certificados. Hoje, apenas seis instituições são autorizadas a emitir a assinatura eletrônica.

O secretário da Receita Federal, Jorge Rachid, afirmou que, na declaração do Imposto de Renda da Pessoa Física deste ano, caso o contribuinte utilize a assinatura digital, poderá acompanhar cada passo da análise feita pelo fisco.
Com a assinatura eletrônica, os bancos também poderão ampliar seus serviços. Hoje, contratos de câmbio já podem ser realizados eletronicamente por quem tem o certificado digital. As instituições financeiras poderão passar a realizar, por exemplo, empréstimos bancários de valores elevados por meio eletrônico.

Para obter o certificado digital na rede bancária, os contribuintes precisarão se apresentar pessoalmente nas agências. A emissão deverá custar menos de R$ 50.

Fonte: Folha de S.Paulo

Por 11:18 Notícias

Bancos vão oferecer certificados digitais

Os bancos passarão a oferecer a seus clientes o acesso aos certificados digitais, conhecidos como CPF e CNPJ eletrônicos. A previsão da Febraban (Federação Brasileira de Bancos) é que até o final do ano entre 500 mil e 1 milhão de correntistas tenham suas assinaturas digitais.
O certificado (ou assinatura) digital é um mecanismo, com validade jurídica, que permite ao cidadão realizar operações eletrônicas -não só bancárias- com alto nível de segurança.
Ontem, a Receita Federal e a Febraban assinaram convênio que estenderá à rede bancária a possibilidade de oferecer os certificados. Hoje, apenas seis instituições são autorizadas a emitir a assinatura eletrônica.
O secretário da Receita Federal, Jorge Rachid, afirmou que, na declaração do Imposto de Renda da Pessoa Física deste ano, caso o contribuinte utilize a assinatura digital, poderá acompanhar cada passo da análise feita pelo fisco.
Com a assinatura eletrônica, os bancos também poderão ampliar seus serviços. Hoje, contratos de câmbio já podem ser realizados eletronicamente por quem tem o certificado digital. As instituições financeiras poderão passar a realizar, por exemplo, empréstimos bancários de valores elevados por meio eletrônico.
Para obter o certificado digital na rede bancária, os contribuintes precisarão se apresentar pessoalmente nas agências. A emissão deverá custar menos de R$ 50.
Fonte: Folha de S.Paulo

Close