[email protected] | (41) 3322-9885 | (41) 3324-5636

Por 16:42 Notícias

Itaú e Bradesco são autuados pelo PROCON-PR em Londrina

(Londrina) O Procon de Londrina autuou nesta segunda-feira (28) duas agências bancárias que não cumpriam lei municipal que determina a existência de um sistema de senha para controle de horário de atendimento dos usuários.
A agência do banco Itaú no Calçadão, em frente ao antigo Coreto, foi autuada porque não tem este sistema.
Também uma agência do Bradesco no Calçadão esquina com rua Pernambuco, foi fiscalizada por fiscais do Procon, segundo o superintendente do órgão, Gerson da Silva. Neste caso, a agência dispõe de sistema de senha mas, no momento da fiscalização, não estava em operação.
Conforme estabelecido pela lei municipal, o cliente deve ser atendido dentro de um prazo de 15 minutos, em dias normais, e 20 minutos, em dias com maior movimento, como vésperas de feriados.
Também sendo verificado o cumprimento da Lei Municipal nº 5.461, de 12 de julho de 1993, que torna obrigatória a existência de bebedouros e instalações sanitárias para os clientes consumidores do banco adequadas para portadores de deficiência.
A fiscalização em Londrina vai até o dia 2 de dezembro. As agências que não estiverem cumprindo as exigências serão autuadas e receberão uma notificação. O banco terá 10 dias para se adequar a lei.
Fonte: Bonde/Folha de Londrina.

Por 16:42 Sem categoria

Itaú e Bradesco são autuados pelo PROCON-PR em Londrina

(Londrina) O Procon de Londrina autuou nesta segunda-feira (28) duas agências bancárias que não cumpriam lei municipal que determina a existência de um sistema de senha para controle de horário de atendimento dos usuários.

A agência do banco Itaú no Calçadão, em frente ao antigo Coreto, foi autuada porque não tem este sistema.

Também uma agência do Bradesco no Calçadão esquina com rua Pernambuco, foi fiscalizada por fiscais do Procon, segundo o superintendente do órgão, Gerson da Silva. Neste caso, a agência dispõe de sistema de senha mas, no momento da fiscalização, não estava em operação.

Conforme estabelecido pela lei municipal, o cliente deve ser atendido dentro de um prazo de 15 minutos, em dias normais, e 20 minutos, em dias com maior movimento, como vésperas de feriados.

Também sendo verificado o cumprimento da Lei Municipal nº 5.461, de 12 de julho de 1993, que torna obrigatória a existência de bebedouros e instalações sanitárias para os clientes consumidores do banco adequadas para portadores de deficiência.

A fiscalização em Londrina vai até o dia 2 de dezembro. As agências que não estiverem cumprindo as exigências serão autuadas e receberão uma notificação. O banco terá 10 dias para se adequar a lei.

Fonte: Bonde/Folha de Londrina.

Close