[email protected] | (41) 3322-9885 | (41) 3324-5636

Por 12:37 Sem categoria

Itaú cancela plano de saúde de aposentados e demitidos

Banco comunica que ex-funcionários não terão mais direito a assistência médica

São Paulo – O Itaú anunciou que os funcionários que se desligarem por demissão ou aposentadoria não terão mais direito de continuar com o plano de saúde, depois que passar o período da legislação e da convenção coletiva de trabalho. Antes dessa medida, o trabalhador que contribui para o Plano de Aposentadoria Complementar (PAC) podia continuar como “automantido”, ou seja, pagando do próprio bolso a assistência médica. Com a medida anunciada, depois de vencer o prazo, mesmo com a disposição de continuar pagando o bancário não terá mais o mesmo direito.

“Isso atrapalha a vida das pessoas, principalmente os bancários que se aposentaram por tempo de contribuição e esperam alcançar os 55 anos para ter a complementação do PAC. Sem contar que o Itaú tomou uma atitude unilateral e desrespeitosa com as pessoas que dedicaram parte de sua vida ao banco”, afirma a funcionária do banco e diretora do Sindicato Adriana Magalhães.

É o caso de uma funcionária que dedicou 30 anos de sua vida ao Itaú. Ela se aposentou e foi informada que depois que vencer o prazo terá que procurar um outro plano de saúde. “Antes de solicitar minha aposentadoria planejei tudo direitinho, até mesmo o valor a mais que pagaria para continuar assistida pelo plano de saúde e agora fui surpreendida com essa notícia. É injusto”, afirma a bancária aposentada que não quer se identificar. Ela relata, ainda, a dificuldade de encontrar um plano de saúde. “Fiz uma cirurgia para retirar um tumor maligno na tiróide, isso seria considerado doença pré- existente ao adquirir um outro plano de saúde o que encarecia muito o custo”, ressalta aposentada.

O Sindicato está estudando que providências tomar contra o banco.

Por Carlos Fernades – 14/09/2007

NOTÍCIA COLHIDA NO SÍTIO www.spbancarios.com.br.

Close