[email protected] | (41) 3322-9885 | (41) 3324-5636

Por 13:15 Sem categoria

Poder aquisitivo do trabalhador cresce 2,8 porcento entre janeiro e agosto no Paraná

O poder de compra do trabalhador paranaense admitido entre janeiro e agosto deste ano cresceu 2,8%, comparado aos trabalhadores contratados no mesmo período do ano passado. No mesmo período de 2006, a média paga aos trabalhadores chegou a R$ 568,37. Em 2007, a média passou para R$ 584,53, e o valor é o maior já pago neste ano.

Os dados são de estudo feito pela Secretaria do Trabalho, Emprego e Promoção Social, com base em informações do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). Para efeitos de comparação do poder de compra dos salários, a análise considera a inflação acumulada entre setembro de 2006 a agosto de 2007. Segundo a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), o Índice Geral de Preços ao Consumidor (IPC) do período foi de 4,89%.

Entre os setores, o maior crescimento de salário registrado ficou para os trabalhadores da agropecuária (10,4%). Os contratados no acumulado entre janeiro e agosto deste ano receberam rendimento médio de R$ 457,86. Nos oito primeiros meses de 2006 o salário dos trabalhadores rurais era de R$ 414,69.

Na indústria de transformação, segunda atividade econômica com maior aumento do salário médio em 2007, os ingressos nos dois primeiros quadrimestres de 2006 perceberam rendimento médio de R$ 566,51. Neste ano, o salário médio atingiu R$ 592,02. O resultando é o crescimento de 4,5% no poder de compra dos trabalhadores.

A força de trabalho alocada na construção civil, nos oitos primeiros meses de 2007, recebeu rendimento médio de R$ 666,36. Nos dois primeiros quadrimestres de 2006, o salário era de R$ 644,07. Uma expansão de 3,5% na renda dos assalariados.

Para os trabalhadores do setor de serviços o rendimento médio em 2007 foi de R$ 617,70, total 2,3% superior ao pago em igual período de 2006, em que o salário médio desses trabalhadores atingiu R$ 603,73.

Os setores de Comércio, administração pública e serviços industriais de utilidade pública também contribuíram positivamente para o aumento na renda média salarial dos trabalhadores paranaenses contratados nos oito primeiros meses de 2007.

Além dos aumentos registrados no salário médio dos trabalhadores, os setores de agropecuária, construção civil, comércio e indústria de transformação também apresentaram aumento no número de criação de empregos, em comparação com o período de janeiro a agosto de 2006.

NOTÍCIA COLHIDA NO SÍTIO www.aenoticias.pr.gov.br.

Close