[email protected] | (41) 3322-9885 | (41) 3324-5636

Por 08:52 Sem categoria

Trabalhador concessionário entrou com ação exigindo os direitos trabalhistas; Justiça reconhece vínculo no Bradesco

São Paulo – O concessionário Marcelo Lisboa atuou como vendedor de produtos bancários na agência do Bradesco de Bebedouro durante quatro anos. Durante todo esse período o banco ignorou os direitos trabalhistas como registro em carteira, férias, FGTS, 13º salário, entre outros.

Para driblar a lei, o Bradesco fez o vendedor aceitar a condição de autônomo para poder trabalhar. “Quando estamos desempregados não temos muita opção. Temos que aceitar as condições impostas pelo banco que se aproveita da nossa situação”, afirma Marcelo.

Depois de ser dispensado, o concessionário entrou na Justiça do Trabalho que reconheceu o vínculo empregatício e condenou o banco a pagar todos os direitos trabalhistas. O Bradesco tentou recorrer da decisão, mas perdeu o prazo do recurso.

Marcelo faz um desabafo sobre como se sentia diante dos colegas bancários. “O banco muitas vezes ignorava coisas básicas para nós concessionários, como um lanche. Somente os bancários tinham direito. Me sentia humilhado”, revela. O vendedor alerta os colegas que estejam na mesma situação. “Não fiquem intimidados em recorrer à Justiça para buscar seus direitos”, ressalta.

Por Carlos Fernandes – 11/10/2007

NOTÍCIA COLHIDA NO SÍTIO www.spbancarios.com.br.

Close