[email protected] | (41) 3322-9885 | (41) 3324-5636

Por 09:37 Sem categoria

Segundo a CAIXA, ampliação da rede de lotéricas beneficiará regiões mais carentes; movimento sindical luta por melhores condições de trabalho e mais empregos

CEF ampliará em 20% a rede de lotéricas em todo o País

BRASÍLIA – A Caixa Econômica Federal anunciou ontem que vai ampliar a rede de lotéricas em 20% até julho de 2008. A decisão deve incluir cerca de 2 mil pontos à rede atual. Será a primeira ampliação desde o surgimento do escândalo envolvendo a GTech, empresa norte-americana que gerenciava o sistema de loterias do banco federal e é suspeita de tráfico de influência junto ao governo federal para renovação de contrato de R$ 700 milhões com o banco estatal. O caso derrubou o ex-subchefe de Assuntos Parlamentares da Casa Civil e braço direito de José Dirceu, Waldomiro Diniz.

A expansão da rede de atendimento da Caixa será feita em duas etapas. Na primeira, serão instalados cerca de 2,5 mil novos terminais na rede existente, o que aumentará o parque em cerca de 10%. Com isso, as lotéricas passarão a ter 27,5 mil máquinas em operação. O gerente nacional de Canais Parceiros da Caixa, Antonio Carlos Barasuol, diz que os equipamentos devem ser instalados entre dezembro e janeiro.

Na segunda etapa, a Caixa quer abrir 2 mil novas lotéricas no Brasil. Para isso, serão feitos editais regionais que devem ser publicados até fevereiro. Barasuol acredita que os 2 mil novos pontos estarão funcionando até julho de 2008. Com a expansão, a rede de lotéricas deve chegar a 11 mil pontos de atendimento e 31 mil terminais em meados do próximo ano.

Barasuol explica que a expansão só foi possível porque a Caixa mudou de fornecedor para os serviços lotéricos em 2005, quando a GTech foi trocada pela Procomp. Desde então, o banco trocou todos os equipamentos e o sistema de processamento das loterias. “Tivemos de migrar e houve um processo de um ano para estabilização e melhoria do sistema. Terminamos isso em agosto do ano passado. Desde então, estamos analisando as condições da rede de atendimento”, diz.

O investimento para a instalação dos novos terminais será da Procomp. Conforme o contrato assinado com a Caixa, o custo do equipamento é da empresa, que é remunerada com porcentual das operações realizadas em cada uma das máquinas.

Conforme o estudo da Caixa, há uma série de localidades que suportam novos pontos de atendimento. A avaliação foi feita com base no número de transações por equipamento. O caso mais grave é da cidade de Ferraz de Vasconcelos, na região leste da Grande São Paulo. O município de 180 mil habitantes conta apenas com uma lotérica.

NOTÍCIA COLHIDA NO SÍTIO www.tribunadaimprensa.com.br.
==========================================

AMPLIAÇÃO DA REDE LOTÉRICA BENEFICIARÁ REGIÕES CARENTES

Brasilia, 28 de Novembro de 2007

A presidente da Caixa Econômica Federal, Maria Fernanda Ramos Coelho, anunciou nesta manhã (28) que, para ampliar e aprimorar o atendimento à população, a CAIXA expandirá a rede lotérica no início de 2008 por meio de licitações públicas regionais. A ampliação, que será de 20%, poderá gerar 2 mil novos pontos, especialmente em regiões mais carentes do país. Hoje existem 8.870 lotéricas em 3.499 cidades brasileiras.

A expansão observará critérios técnicos, entre os quais se destacam estudo de existência de demanda reprimida para os produtos lotéricos e necessidades de atendimento e de distribuição de produtos e serviços financeiros, além de conveniência e oportunidade. Essa demanda reprimida existe em razão do próprio crescimento populacional e da expansão dos serviços realizados pelas lotéricas, principalmente quanto à bancarização da população e ao pagamento dos benefícios trabalhistas e sociais do governo federal (veja quadro de serviços abaixo).

Serão priorizados os locais desassistidos, sem criar concorrência predatória com as lotéricas já existentes. O critério de conveniência determina a escolha de locais que favoreçam a população: pontos de alta circulação de pedestres, que sejam lugares seguros, de fácil acesso e onde possam ser atendidas outras necessidades da população, como supermercados, novos shopping centers etc. Por oportunidade a CAIXA entende a disponibilidade de locais, a possibilidade de novos nichos de mercado e pontos onde haja grande concentração de população que receba benefícios sociais e tenha pouco acesso aos serviços bancários.

A última grande expansão das lotéricas aconteceu com licitações no período 2000/2001. No ano 2000, a CAIXA ampliou sua rede em 2 mil pontos, em âmbito nacional. Em 2001 foram mais 675 unidades. À época, a rede CAIXA era composta por 6.195 lotéricas.

As novas licitações para abertura de casas lotéricas somente ocorrerão depois de concluído o mapeamento dos locais desassistidos que apresentam movimento intenso de pedestres e apenas quando a demanda não puder ser atendida com a ampliação dos terminais em lotéricas já existentes

A CAIXA monitora permanentemente a capacidade de atendimento da rede lotérica, de forma a bem atender a toda a sociedade brasileira. Conforme pesquisas realizadas, mais de 70% da população brasileira utiliza a rede lotérica e demonstra preferência por esse canal de atendimento. Até o fim de outubro de 2007, a rede lotérica já pagou mais de 100 milhões de benefícios sociais. Veja os números da rede:

Modalidade
Quantidade de transações

Jogos
1.927.385.677

Recebimento de Contas
741.221.054

Serviços Financeiros
189.869.549

Benefícios Sociais
102.383.129

Nesse cenário, está também em andamento a ampliação do número de terminais nas atuais lotéricas. Serão mais 2.500 equipamentos em operação nas lotéricas já existentes. A ampliação do número de terminais está prevista para ocorrer nos meses de dezembro de 2007 e janeiro de 2008, visando atender à população dos locais já servidos por lotéricas e, também, a diversas solicitações dos empresários cujas lotéricas apresentam uso da capacidade máxima de cada terminal instalado.

A rede CAIXA é composta, hoje, por 2.048 agências (433 com unidades de penhor), 446 postos de atendimento bancário, 997 postos de atendimento eletrônico, 7.626 correspondentes não lotéricos (desses, 5.402 com equipamentos CAIXA AQUI e 2.224 somente negociais) e 8,8 mil casas lotéricas. Conta, ainda, com 16.738 pontos de auto-atendimento, além da rede do Banco 24Horas, à qual a CAIXA também é associada e a rede externa de caixas automáticos compartilhada com o Banco do Brasil (acrescentando 5 mil terminais daquele Banco).

SERVIÇOS PRESTADOS NAS CASAS LOTÉRICAS:

– DAI – Declaração de Isento do IR

– Saques de correntistas da CAIXA e BB

– Depósitos de correntistas da CAIXA

– Consulta de saldo de correntistas da CAIXA e BB

– Saque de FGTS com cartão do cidadão

– Recolhimento de FGTS,

– Pagamento de benefícios sociais (INSS, PIS/Abono Salarial, Seguro-Desemprego, Bolsa-Família, etc), com o cartão magnético

– Recebimentos de contas de concessionárias de serviços públicos (no caso de contas atrasadas: somente com orientação de cálculo no boleto ou com cobrança de multa na fatura seguinte)

– Venda de créditos para telefones pré-pagos

– Recebimento de bloquetos de cobrança da CAIXA e de outros bancos

– Recebimento de depósitos para o Programa Fome Zero

Assessoria de Imprensa da Caixa Econômica Federal
Tel. (61) 3206-9645 / 9298 / 8775 / 8022

NOTÍCIA COLHIDA NO SÍTIO www.caixa.gov.br.

Close