[email protected] | (41) 3322-9885 | (41) 3324-5636

Por 12:55 Sem categoria

Trabalhadores bancários filiados à CUT firmes na luta no primeiro dia de greve

Na primeira manhã de greve, agências e centros administrativos param as atividades

A paralisação por tempo indeterminado, aprovada em assembleia por mais de mil trabalhadores bancários de Curitiba e região na noite de ontem (23), começou forte na manhã desta quinta-feira, 24 de setembro.

Treze centros administrativos bancários, que concentram cerca de 8 mil trabalhadores, amanheceram fechados (HSBC Xaxim, Kennedy, Hauer e Palácio Avenida; Banco do Brasil Tiradentes, Portão, CSO e Central de Atendimento em São José dos Pinhais; Sede 1 e Sede da Caixa; Bradesco Pólo e Centro; e CPSA Itaú).

Além dos centros administrativos, estão fechadas também agências bancárias no anel central de Curitiba, Centro Cívico, Portão e Juvevê. Na região metropolitana, estão fechadas agências em Pinhais e São José dos Pinhais.

================================

Até as 12h, mais de 100 agências paradas

União da categoria bancária marca a primeira manhã de greve em Curitiba e região.

A greve dos trabalhadores bancários de Curitiba e região já totaliza, até às 12h desta quinta-feira (24), 111 agências fechadas na capital e na região metropolitana. Os trabalhadores das agências dos bairros Juvevê, Portão, Cetro Cívico e da região central da cidade são os mais mobilizados. As cidades de São José dos Pinhais, Pinhais e Piraquara também estão com todas as agências paralisadas.

O Sindicato dos Bancários de Curitiba e região estima que cerca de 8.700 bancários – e agências e centros administrativos – tenham aderido à greve na manhã de hoje.

==================================

Movimento é forte no Paraná

Ao todo, até as 11 horas da manhã de hoje (24/09), a FETEC-CUT-PR já contabilizava um total de 221 agências com as atividades paralisadas, das quais 111 na base de Curitiba e Região e 110 nas bases sindicais do interior do Estado filiadas à CUT.

Além destas unidades, o destaque é a paralisação em 13 centros administrativos de Curitiba e São José dos Pinhais.

O total de trabalhadores bancários envolvidos nestas unidades já ultrapassa a marca de 10 mil que trabalham nas agências e nos centros administrativos.

FETEC-CUT-PR.

==================================

Greve paralisa atividade em 13 sedes administrativas de bancos em Curitiba

Curitiba – Em Curitiba e região metropolitana, onde cerca de mil bancários aprovaram em assembleia a adesão ao movimento de paralisação por tempo indeterminado a partir de hoje(24), 13 sedes administrativas de bancos estão fechadas. Trabalham nestes locais cerca de 8 mil dos 17 mil bancários dessas regiões. Entretanto, segundo o Sindicato dos Bancários de Curitiba e Região, ainda não é possível avaliar o número de trabalhadores que estão em greve.

Na parte central da capital todas as agências bancárias estão fechadas, conforme uma primeira avaliação do sindicato. O autoatendimento nos caixas eletrônicos funciona normalmente, com exceção para depósitos.

Segundo a entidade, a greve foi a única resposta encontrada pelos trabalhadores após cinco rodadas de negociação. O movimento é nacional e faz parte da campanha salarial da categoria que reivindica aumento salarial de 10%, participação nos lucros e resultados (PLR) de três salários mais R$ 3.850, proteção ao emprego e melhores condições de trabalho. A proposta apresentada pelos banqueiros prevê reajuste de 4,5%, PLR de 1,5 salário reajustado, limitado a R$ 10 mil e a 4% do lucro líquido de 2009.

Por Lúcia Nórcio – Repórter da Agência Brasil. Edição: Talita Cavalcante.

NOTÍCIA COLHIDA NO SÍTIO www.agenciabrasil.gov.br.

FETEC-CUT-PR.

Close