[email protected] | (41) 3322-9885 | (41) 3324-5636

Por 10:58 Bradesco

Bradesco desrespeita “lei da fila”

Tempo de espera extrapola limites previstos em lei; clientes aguardam mais de 1 hora por atendimento

O Sindicato dos Bancários de Curitiba e região recebeu denúncias de que as agências do Bradesco localizadas no Centro, especialmente na  rua Marechal Deodoro,  vem desrespeitando seus clientes e a população em geral ao extrapolar o tempo de espera na fila. O tempo previsto de espera, segundo a legislação, é de 20 minutos e excepcionalmente haverá tolerância de 10 minutos em dias de pagamento e dias que antecedem feriados prolongados.

Relatos dão conta que a espera na fila no Bradesco Marechal tem superado o tempo de 1 hora. Outra reclamação é em relação a quantidade insuficiente de cadeiras para acomodar idosos e pessoas portadoras de necessidades especiais, que aguardavam em pé para serem atendidas nos caixas.

“Nos últimos meses o banco vem demitindo em massa os bancários e o reflexo já pode ser sentido pelos clientes. A falta de funcionários compromete o atendimento, além de prejudicar o próprio bancário que fica sobrecarregado” alerta Nilceia Nascimento, diretora do Sindicato dos Bancários de Curitiba e região.

Além das denúncias da população, o Sindicato constata que muitos bancários da área operacional tem desvio de função e são obrigados a atender na área comercial do banco, prejudicando ainda mais o atendimento nos caixas.

“Mesmo com desfalque de pessoal nas agências, os bancários que permanecem são obrigados a continuar batendo as metas como se o quadro estivesse completo. O nível de cobrança é altíssimo, os bancários estão a beira de um colapso e o banco em vez de resolver a questão, aproveitando o pessoal dos departamentos nas agências, continua demitindo. Só pensam em lucro” afirma Ademir Vidolin, Secretário de Saúde da Fetec/PR.

O Sindicato orienta à população que guarde a senha de atendimento, pois nela consta o horário de entrada no banco, e o documento que conste a autenticação e faça denúncias junto ao Procon e exija fiscalização. Além disso, reclamações podem ser encaminhadas diretamente ao Banco Central através do telefone 145 ou diretamente na ouvidoria do banco através do telefone 0800 704 8383.

“A melhoria do atendimento passa diretamente por mais contratações e essa é uma luta permanente do Sindicato e da Fetec” finaliza Vidolin.

Camila CecchinSEEB Curitiba

 

Noticia colhida no sitio: http://bancariosdecuritiba.org.br/noticias-interna/10/bradesco/26959/bradesco-desrespeita-%E2%80%9Clei-da-fila%E2%80%9D

Close