[email protected] | (41) 3322-9885 | (41) 3324-5636

Por 08:41 Sem categoria

Sacrifício para quem recebe o Salário Mínimo

Governo aplica reajuste inferior à inflação de 2017 e poder de compra recua três anos

O valor do novo salário mínimo, definido em R$ 954 para 2018, em termos reais, retrocedeu ao nível de 2015, quando valia R$ 953,87. O aumento de 1,81%, concedido pelo governo, ficou abaixo da inflação de 2,07%, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (INPC-IBGE).

Não é a primeira vez que o governo federal reajusta o salário mínimo em percentual inferior ao INPC.

Em janeiro de 2017, o mínimo foi corrigido em 6,48%, enquanto a inflação atingiu 6,58%.

A correção contraria a política de valorização do salário mínimo, válida até 2019. Pela regra, o valor deve ser revisado com base no Produto Interno Bruto (PIB) de dois anos antes e no INPC do ano anterior.

Para o DIEESE, o reajuste deveria ser revisto, a fim de devolver ao salário mínimo o poder de compra de janeiro de 2016, o que inclui o repasse integral da inflação, além da incorporação da perda de 0,10% imposta em janeiro de 2017.

Reajuste do Salário Mínimo 2007-2018

Período Salário Minimo R$ Reajuste Nominal % INPC % Aumento Real %
abr/07 380
mar/08 415 9,21 4,98 4,03
fev/09 465 12,05 5,92 5,79
jan/10 510 9,68 3,45 6,02
Jan/11 545 6,86 6,47 0,37
jan/12 622 14,13 6,08 7,59
jan/13 678 9,00 6,20 2,64
jan/14 724 6,78 5,56 1,16
jan/15 788 8,84 6,23 2,46
jan/16 880 11,68 11,28 0,36
jan/17 937 6,48 6,58 -0,10
jan/18 954 1,81 2,07 -0,25
Total Período 151,05 87,28 34,06

Elaboração: DIEESE

Notícia colhida no Cadernos de Negociação – número 3 – janeiro e fevereiro de 2018 -DIEESE

Close