[email protected] | (41) 3322-9885 | (41) 3324-5636

Por 11:45 Sem categoria

Lula propõe anistia das dívidas de cerca de 1 milhão de universitários com o Fies

A pedido do ex-presidente Lula, o senador Rogério Carvalho (PT-SE) já tem pronto um projeto de lei para anistiar dívidas contraídas por estudantes do ensino superior que foram beneficiários do Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior (Fies). A anistia abrangeria o valor principal, juros, multas e demais encargos financeiros, e valeria para todos os financiamentos contraídos até 31 de dezembro de 2021.

Em palestra realizada esta semana no Instituto de Estudos Políticos de Paris (Sciences Po), Lula voltou a falar sobre a sua preocupação com os cerca de 1 milhão de estudantes inadimplentes, sem perspectivas de conseguir colocação no mercado de trabalho, e defendeu que o governo federal anistie os universitários.

Parece que o governo federal está incomodado com a dívida dos estudantes, disse Lula, acrescentando: “Ora, qual é o incomôdo para o governo anistiar a dívida de jovens que não conseguiram pagar a universidade, se todo ano nós fazíamos um Refis [Programa de Incentivo à Regularização Fiscal] para anistiar os empresários que não pagavam seus impostos e a gente os perdoava”, questionou.

De acordo com Lula, em sua gestão, o Congresso Nacional apresentava uma proposta de Refis todos os anos, os empresários se cadastravam, não pagavam e, no ano seguinte, vinham atrás de outro perdão das dívidas.

“Um governo que sabe fazer tanto perdão para os empresários, porque não pode fazer, uma vez na vida, perdão para os estudantes?”, concluiu.

Confira no vídeo a fala de Lula

O Fies é um programa do Ministério da Educação (MEC), criado em 1999, destinado a financiar a graduação na educação superior de estudantes matriculados em instituições particulares.

O perdão das dívidas dos estudantes, que tiveram mais dificuldades de quitar as parcelas por causa do agravamento da crise econômica durante a pandemia do novo coronavírus, será uma das principais bandeiras da campanha de Lula em 2022, segundo  o jornalista Guilherme Amado, do Metrópoles.

De acordo com o jornalista, Lula se inspirou em um plano elaborado pelo presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, para perdoar dívidas estudantis no valor de US$ 1,74 bilhão.

Close