[email protected] | (41) 3322-9885 | (41) 3324-5636

Por 12:13 Banco do Brasil

Seeb Cornélio Procópio cobra condições de trabalho para funcionários do BB em Cambará

O Sindicato de Cornélio Procópio recebeu denúncias e constatou que a agência do Banco do Brasil em Cambará estava funcionando em condições precárias. Depois de ter sido assaltada, em abril deste ano, a unidade passou por reformas, mas as obras não foram concluídas, porque a empreiteira contratada não terminou o serviço.

O presidente do Sindicato de Cornélio Procópio, Johni Oliveira Müller, afirma que os funcionários estão trabalhando sem ar condicionado, com banheiros improvisados e em meio a muita sujeira. “A situação lá em Cambará está tão feia que até foi denunciada em reportagem da RIC TV. Nós visitamos a agência e constatamos os problemas. Na conversa com o gerente geral e com a GEPES nos disseram que a reforma foi reiniciada e que houve necessidade de contratar outra empresa temporariamente, pois a que iniciou as obras faliu”, relata.

Segundo Johni, em nova visita à unidade, no dia 10 de dezembro, o ar condicionado já estava instalado, mas os demais problemas permanecem sem solução até que seja contratada outra empreiteira para finalizar a reforma. “Vamos nos reunir com os funcionários e funcionárias para discutir a situação e definir quais medidas serão tomadas para garantir um ambiente de trabalho adequado”, conta o presidente do Sindicato de Cornélio Procópio.

Texto: Armando Duarte Jr.

Fonte: Vida Bancária

Close