[email protected] | (41) 3322-9885 | (41) 3324-5636

Por 10:29 Notícias

Lula à frente de Moro também entre os livros mais vendidos

Foto: Ricardo Stuckert

O primeiro volume da biografia de Luiz Inácio Lula da Silva, escrito pelo jornalista Fernando Morais e lançado em dezembro pela Companhia das Letras, apareceu em sexto lugar na lista das obras de não-ficção mais vendidas elaborada pela Nielsen, em parceria com o portal especializado PublishNews. As informações são do jornal Folha de S. Paulo.

Já o livro Contra o Sistema da Corrupção, de confissões de cunho autobiográfico do ex-juiz e ex-ministro da Justiça de Jair Bolsonaro, Sergio Moro, está na 16ª posição. É a primeira vez que os dois livros aparecem na lista dos mais vendidos da Nielsen, elaborada mensalmente. Foram avaliadas as vendas no varejo entre 8 de novembro e 5 de dezembro, período em que as duas obras foram lançadas.

Nas pesquisas eleitorais que projetam o cenário de 2022, a vantagem do ex-presidente é ainda mais expressiva. Lula tem entre 40% e 48%, conforme as principais sondagens, enquanto Moro aparece com porcentagens que variam entre 6% e 9%. Nenhum dos candidatos da chamada terceira via se mantém na casa dos dois dígitos em cenários distintos.

Lula, uma biografia em construção

O segundo volume da biografia de Lula deve ser lançado apenas no ano que vem, por conta do período eleitoral. Em entrevista ao Brasil de Fato, Fernando Morais falou sobre o processo de elaboração da obra.

“O projeto era fazer um livro que começasse na prisão dele em 1980, que é quando ele adquire uma dimensão mais nacional e terminaria com ele entregando a faixa pra Dilma. Ocorre que veio o golpe, e durante o golpe eu estava do lado do Lula. Assisti tudo, tive um lugar privilegiado. E aí eu falei com ele e com o editor: ´Não dá para publicar o livro como a gente tinha combinado. Essas coisas eu estou vendo acontecer aqui do lado de dentro. Se publico o livro conforme a gente combinou, vou ser empalado, vou ser apedrejado em praça pública. Proponho tocar o livro até quando a gente decidir`. E acabamos decidindo fazer em dois volumes. Terminei esse volume, já retomei o trabalho, e publico o segundo volume depois das eleições, em junho de 2023”, explicou Morais.

Fonte: Brasil de Fato

Close