[email protected] | (41) 3322-9885 | (41) 3324-5636

Por 14:49 Notícias

Avaliação negativa do governo segue alta. Maioria vê economia brasileira ‘no caminho errado’

 Além das intenções de voto para a Presidência da República, a pesquisa Ipespe divulgada nesta sexta-feira (25) mostrou que a avaliação do governo segue negativa. Para 53%, a gestão Bolsonaro é ruim ou péssima. O percentual tem oscilado de 53% a 55% desde agosto. Há um ano, estava em 42%.

Apenas 25% consideram o governo ótimo ou bom, patamar que se mantém desde meados do ano passado. E 21% avaliaram a gestão como regular, enquanto 1% não responderam. No primeiro mês do governo, janeiro de 2019, 40% responderam “ótimo/bom” e 20%, “ruim/péssimo”.

A desaprovação ao atual governo é de 63%. Com oscilações, mantém-se nesse nível desde julho de 2021. Outros 31% dizem aprovar a gestão, enquanto 6% não sabem ou não responderam.

Também para 63% dos entrevistados, a economia brasileira está “no caminho errado”. E 29% acreditam que esteja no caminho certo. E 8% não sabem ou não responderam, segundo o Ipespe.

Vantagem de Lula estável

A nova pesquisa do Ipespe mostra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) com 43%, mesmo percentual do levantamento anterior. O segundo colocado, Jair Bolsonaro (PL), oscilou dentro da margem de erro, de 25% para 26%. Bem atrás, figuram o ex-ministro e ex-juiz Sergio Moro (Podemos), com 8%, e o também ex-ministro e ex-governador cearense Ciro Gomes (PDT), com 7%.

O governador paulista, João Doria (PSDB), com apenas 3%, não decola. Quatro nomes aparecem com 1%: Simone Tebet (MDB), Eduardo Leite (que, segundo se especula, pode trocar o PSDB pelo PSD), André Janones (Avante) e Felipe D´Avila (Novo). Alessandro Vieira (Cidadania) não pontua. Segundo o instituto, 7% dos entrevistados responderam que não iriam votar, não votariam em nenhum dos nomes apresentados, em branco e nulo. E 2% não sabem ou não responderam.

Em eventual segundo turno, Lula venceria todos os oponentes: 54% a 32% contra Bolsonaro, 52% a 31% contra Moro, 51% a 25% contra Ciro e 54% a 18% contra Doria.

Segundo o Ipespe, foram ouvidos mil eleitores entre segunda e quarta-feira (21 a 23) A margem de erro é de 3,2 pontos percentuais, e o índice de confiança é de 95,5%. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-05015/2022.

avaliação de governo

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/ Agencia Brasil

Fonte: RBA

Close