[email protected] | (41) 3322-9885 | (41) 3324-5636

Por 14:06 Notícias, Recentes

“Bolsonaro nunca mais” ecoou nas ruas e nas redes no último sábado (9)

A fome, a miséria, a carestia e os escândalos de corrupção no governo de Jair Bolsonaro (PL) foram os principais motivos que levaram milhares de pessoas às ruas, no sábado (9), para protestar em diversas capitais do país.

Pela manhã, ocorreram atos nas ruas do Rio de Janeiro (RJ), Maceió (AL), São Luís (MA), Campo Grande (MS), João Pessoa (PB), Recife (PE) e em Aracaju (SE).

     >>>>> Confira como foram os atos realizados na parte da manhã.

“O Brasil e os brasileiros não aguentam mais o aumento dos preços dos alimentos, do gás de cozinha, da gasolina e do diesel e foram às ruas e às redes para denunciar este governo que não tem nenhum compromisso com o desenvolvimento social e econômico do país e muito menos com a classe trabalhadora”, disse a presidenta da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT), Juvandia Moreira. “Não aguentamos mais as mentiras deste governo que, mesmo com diversos casos de corrupção descobertos, insiste na mentira de que não existe corrupção. É o governo da mentira, das fake news”, completou.

Os protestos continuaram na parte da tarde em diversas cidade, como, por exemplo, em São Paulo, Fortaleza, Salvador, Porto Alegre, Curitiba, Goiânia e Florianópolis (confira como como foram os atos).  

Redes sociais

Além dos protestos nas ruas, o grito “Bolsonaro nunca mais” ecoou nas redes, com a hashtag #BolsonaroNuncaMais, que atingiu a primeira colocação no ranking nacional do Twitter durante várias horas.

Fonte: Contraf-CUT, com informações da CUT.

Close