[email protected] | (41) 3322-9885 | (41) 3324-5636

Por 13:42 Agenda Sindical, Destaque

Conferência Estadual da Fetec define a pauta de reivindicações a ser levada para a Contraf

A Federação dos Trabalhadores em Empresas de Crédito do Paraná (Fetec-CUT-PR) realizou nos dias 27 e 28 de maio o 24.º Conferência Estadual da Fetec, cujo objetivo foi o de debater as pautas a serem encaminhadas para o Conferência Nacional da Contraf-CUT, que será realizado nos dias 10, 11 e 12 de junho. O evento foi realizado de forma híbrida, sendo online e presencial, marcando o retorno desta atividade desde o início da pandemia de Covid-19.

A conferência deixou algo bem claro para a categoria: a de que é preciso ir além das pautas relacionadas apenas aos bancários e bancárias. O atual momento do Brasil necessita que seja ampliada a defesa de todos os trabalhadores, uma vez que, no cenário atual da necropolítica do governo federal, teremos cenário de terra arrasada caso algo não seja feito para retirar esta “gestão” que privilegia uma minoria e prejudica a maioria esmagadora da população.

A presidenta da Contraf-CUT, Juvandia Moreira, defende esta ideia de que precisamos debater não apenas os bancários, mas também o Brasil. “Acredito que o debate eleitoral deste ano será um dos principais das nossas vidas. Apostamos na mudança, na esperança que Lula representa. Não podemos mais aceitar o que vem sendo feito no país após o golpe, como a volta da fome, aumento do desemprego, inflação alta. Por isso, é fundamental que nos posicionemos contra o que este governo representa. Os bancários e bancárias têm grande responsabilidade em combater este mal. É preciso colocar Lula como presidente e também eleger deputados e senadores que estejam em sintonia com o Brasil”, opina.

O conceito de que a campanha deste ano deve ser ampliado foi também defendido pelo presidente da Central Única dos Trabalhadores do Paraná (CUT/PR) e bancário Marcio Kieller. “Temos que ‘dobrar’ os patrões nesta campanha, mas sem esquecer de outras categorias de trabalhadores. Teremos este compromisso de eleger governos democráticos e de combater os desmandos dos que hoje ocupam o poder. Vamos trabalhar duro para eleger Lula presidente e Requião governador”, afirma.

O presidente da Fetec, Deonísio Schmidt, convoca a categoria a abraçar a campanha nacional deste ano. “Vivemos um momento muito difícil e toda a ajuda para garantir os nossos direitos será bem-vinda. Contudo, não podemos pensar apenas em nós. É preciso lutar por todos, com garra e determinação, características das nossas ações ao longo de tantos anos. Nosso adversário é perigoso e poderoso, entretanto, nós também temos força e não iremos baixar a cabeça. Seguiremos combatendo o poder neoliberal e esse governo fascista, que querem desmontar o Estado e tornar o povo servil ao grande capital. Vamos eleger Lula e representantes do legislativo que sejam do nosso lado. Isso vai representar a esperança de que voltaremos ao que éramos há pouco mais de uma década”, salienta.

Mesas

No decorrer dos dois dias da conferência, os participantes puderam acompanhar alguns debates. O economista e coordenador do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST), João Stedile, falou sobre o comportamento das classes sociais e de como Lula vem avançando em alguns setores da sociedade que ajudaram a eleger o governo atual, uma vez que os sucessivos erros ao longo da “gestão” fizeram com que muitos revisitassem suas opiniões sobre política e economia.  Após a fala do representante do MST, os bancários e bancárias puderam participar de uma sessão de perguntas.

Também foi realizada uma mesa com a participação da técnica do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos Rosangela Vieira dos Santos e coordenada pelo secretário de políticas sociais da Contraf, Elias Jordão. Ela trouxe aos presentes dados sobre a categoria e em como ainda mulheres que ganham menos do que os homens, mesmo exercendo o mesmo cargo.

Homenagem

O encontro prestou uma homenagem ao bancário Everaldo Gornaski Ribeiro, que morreu vítima da Covid-19 em janeiro deste ano. Ele havia sido eleito presidente do Sindicato dos Bancários de Guarapuava em dezembro de 2021, mas não chegou a assumir o cargo.

Espaço kids

Para as delegadas e delegados que trouxeram os filhos para a conferência, a Fetec disponibilizou uma creche para acomodá-los de maneira segura e tranquila, enquanto os pais participavam do evento. Esta ideia deverá ser tendência para os próximos encontros

Votações

No final da conferência, a categoria votou nas propostas a serem levados para a Contraf. Elas foram aprovada com 100% dos votos registrados.

Também foram escolhidos os delegados e delegadas que vão participar do Conferência Nacional da Contraf, de forma presencial e virtual. Segue a lista abaixo:

Regional Curitiba

Presencial

Ademir Vidolin

Alessandro Greco Garcia

Ana Maria F Marques

Ana Paula A Busato

Carmen Lúcia Kramar

Clarice da Silva Weisheimer

Cristiane P Zacarias

Daniele B Azevedo Perich

Elias Hennemann jordão

Ewerton Luis Lopes

Felipi da Silva Magalhães

João Paulo Pierozan

Junior Cesar Dias

Katlin M de Salles

Márcio M Kieller Gonçalves

Virtual

Ana Luiza Smolka

Bernardo Carlos Pacheco

Edevaldo Celso Rosseto

Genesio Cardoso

José Megume Tanaka

Karla Crisine Huning

Luis Fernando de Oliveira Carvalho

Marta Maria de Oliveira Gonçalves

Paulo Roberto Rocha

Regina Maria Miranda

Reinaldo Cavalcante de Oliveira

Tathyana Szmidziuk

Valdeci Roni Feuser

Vanderleia de Paula

Vandira Martins de Oliveira

Regional Pactu

Presencial

Maria Cristina Ramos

Wendrel Minare

Zelário Bremm

Virtual

Fabiane Aparecida Cucolete

Fernando Augusto Comassetto

Leonice Cazarin de Mattos Silva

Sandro José Zanona

Regional Vida Bancária

Presencial

Alex Almeida

Daniele Ruzza

Johni Oliveira Muller

Laurito Porto de Lira Filho

Rosimary Téder

Virtual

Aelton Alves Pereira

Celso Aparecido Marquito

Felipe A Pacheco

Valéria Vilela

Zoraide Sanches

Foto: Joka Madruga

Texto: Flávio Augusto Laginski

Fonte: Fetec

Close