[email protected] | (41) 3322-9885 | (41) 3324-5636

Por 11:48 Agenda Sindical, Recentes

Foro debate importância da juventude para o mundo sindical

Jovens sindicalistas de toda a América compartilharam, nesta segunda-feira (27), no Foro de Sindicalização da Juventude, em Fortaleza (CE), suas experiências sindicais e suas visões sobre os desafios para os trabalhadores num mundo marcado pela pandemia, pelas reformas trabalhistas e pelas crises econômicas e sociais que atingem todo o continente. A atividade faz parte da 5ª Conferência Regional da UNI Américas, que acontece nos dias 29 e 30.

“É um momento imprescindível para a formação política dos jovens dirigentes e também de renovação das práticas sindicais. O novo mundo do trabalho exige respostas atualizadas dos sindicatos e os jovens são fundamentais para esta construção”, disse a presidenta da UNI Américas Juventude, Lucimara Malaquias.

O presente foro deu continuidade ao trabalho aprovado na última Conferência de Medellín, em 2016, e definiu as diretrizes para o Plano de Trabalho 2020-2024 da UNI Américas Juventude.

“Por meio de ferramentas de comunicação, nossa ideia é desenvolver as capacidades da juventude sindicalista, para que as jovens e os jovens sejam reconhecidos tanto no meio sindical quanto pelos trabalhadores nas bases sindicais como seus representantes na luta por melhores condições de trabalho, melhores oportunidades de ascensão profissional e de representação sindical”, disse diretora de Juventude da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT), Bianca Garbelini, ao ressaltar que a ação da juventude trabalhadora é um fator chave para o empoderamento e revitalização do movimento sindical.

Mais informações na página da 5ª Conferência Regional da UNI Américas, no site e nas redes sociais da Contraf-CUT.

Fonte: Contraf-CUT

Close