[email protected] | (41) 3322-9885 | (41) 3324-5636

Por 13:19 Notícias

TRE-PR cassa chapa do PSL por fraude de gênero em 2018 e 4 deputados perdem mandato

O Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR) decidiu, nesta segunda-feira (4), cassar a chapa completa de deputados estaduais eleitos pelo PSL em 2018 por fraude no preenchimento das cotas de gênero pela coligação PSL/PTC/Patriota.

De acordo com denúncia do Ministério Público Eleitoral, a chapa incluiu o nome de duas mulheres como candidatas a deputada estadual sem seu consentimento, apenas para o cumprimento da cota legal.

A manobra levou o plenário do TRE-PR a determinar a perda do mandato dos deputados Luiz Fernando Guerra (União), Ricardo Arruda (PL), Delegado Fernando (Republicanos) e Coronel Lee (PSD).

No total, o  PSL, partido que elegeu o presidente Jair  Bolsonaro (PL) em 2018, elegeu oito deputados no Paraná, mas nenhum tem mandato ativo na Assembleia Legislativa do estado.

Outros quatro já haviam perdido o mandato depois que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) cassou Fernando Francischini (União) por disseminação de fake news contra as urnas eletrônicas e determinou a recontagem dos votos. Com isso, perderam o  mandato outros três parlamentares: Emerson Bacil, Do Carmo e Cassiano Caron.

Os 603 mil votos recebidos pela coligação PSL/PTC/Patriota em 2018 deverão ser considerados nulos e o quociente eleitoral deverá ser recalculado para definir quais deputados devem assumir mandato.

Foto: Divulgação/TRE-PR

Fonte: CUT

Close