[email protected] | (41) 3322-9885 | (41) 3324-5636

Por 10:01 Notícias, Recentes

Fujão: Bolsonaro recusa regras da TV Globo e não será entrevistado no Jornal Nacional

O presidente Jair Bolsonaro (PL) será o único entre os principais candidatos à Presidência da República que não será entrevistado pelo “Jornal Nacional”, da TV Globo, neste mês.

Segundo a emissora, o candidato à reeleição ao Palácio do Planalto não aceitou conceder a entrevista presencialmente nos estúdios no Rio de Janeiro.

Os candidatos Luiz Inácio Lula da Silva (PT), Ciro Gomes (PDT) e Simone Tebet (MDB) confirmaram presença até o prazo estipulado, e as datas serão divulgadas em breve.

Horas antes do anúncio da emissora carioca, o senador Flávio Bolsonaro (PL-RJ), filho mais velho do presidente, disse que o chefe do Executivo seria entrevistado pelo “Jornal Nacional” no dia 22.

No entanto, em reportagem publicada no site do telejornal à 0h20 desta sexta (5), a emissora negou que a entrevista com o mandatário esteja confirmada.

A assessoria de Bolsonaro havia exigido que ele fosse entrevistado no Palácio da Alvorada, residência oficial da Presidência, mas a condição fere as regras da TV Globo para a sabatina com os presidenciáveis.

“No fim da noite de quinta-feira, a assessoria de Bolsonaro enviou e-mail reiterando a disposição de conceder a entrevista, desde que ela seja realizada no [Palácio da] Alvorada, alegando para isso compromissos de campanha anteriormente assumidos. Diante das regras anunciadas reiteradas vezes, a Globo rejeitou o pedido e, por isso, a entrevista não será realizada”, afirmou o texto.

Bolsonaro também recusou sabatina na Fiesp e jantar com empresários

A desistência de Bolsonaro em participar do Jornal Nacional é a segunda recusa da semana em sua campanha eleitoral. Na quarta-feira (3), ele cancelou ida à Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp).

O chefe do Executivo havia marcado uma visita à entidade dia 11 de agosto. Bolsonaro também desistiu de jantar com empresários do grupo Esfera Brasil no mesmo dia.

Fonte: Brasil de Fato

Close