[email protected] | (41) 3322-9885 | (41) 3324-5636

Por 12:05 Agenda Sindical, Destaque

Centrais sindicais levam propostas sobre emprego e direitos dos trabalhadores a deputados do PR

Diversas centrais sindicais se uniram para entregar a deputados do Paraná um documento com as principais reivindicações, agenda legislativa e diretrizes para a classe trabalhadora. O documento foi apresentado na sessão desta segunda (08), na Assembleia Legislativa do Paraná (Alep).

“Nossa pauta trata de uma série de propostas, que vão da geração de emprego de qualidade, aumento dos salários, proteção dos direitos trabalhistas, até a proteção social e previdenciária dos trabalhadores”, explicou o economista e supervisor técnico do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese/PR), Sandro Silva.

O economista lembrou que o documento foi elaborado em nível nacional pelas Centrais Sindicais. São 63 propostas, divididas em eixos como desenvolvimento sustentável, geração de emprego e renda de qualidade e políticas públicas. 

“Precisamos mudar a trajetória de desenvolvimento do Brasil, onde observamos a volta da política neoliberal, com redução do tamanho do Estado a partir das reformas que atacaram os direitos dos trabalhadores e, mesmo assim, isso não resolveu o problema fiscal do país e não trouxe crescimento econômico. Ao contrário, houve aumento da dívida interna brasileira, aumento da pobreza, da desigualdade social, da insegurança alimentar e a volta da inflação alta. Sem ter gerado empregos de qualidade. Tanto que houve alta na informalidade”, afirmou Sandro Silva. 

Defesa da democracia

O grupo também atualizou a Agenda Legislativa, que consiste em acompanhar e dialogar com os deputados federais e senadores. “Acompanhamos mais de 120 propostas em tramitação na Câmara dos Deputados e no Senado, e pudemos notar que boa parte delas são contrárias ao que querem os trabalhadores. Isso em todas as áreas. Apenas 14% delas são favoráveis. E isso é preocupante”, ressaltou.

Sandro Silva também destacou que o grupo atua em defesa da democracia. Tanto que nesta quarta-feira (10), as Centrais Sindicais lançam uma campanha pela Paz na Política em uma live. “Consideramos a campanha e todas as demonstrações públicas em defesa do regime democrático muito importantes para minimizar e evitar a violência política em todas as esferas”, concluiu.

Assinam o documento entidades como Central Única dos Trabalhadores do Paraná (CUT/PR); Central Sindical e Popular (CSP CONLUTAS/PR); Central de Trabalhadoras e Trabalhadores do Paraná (CTB/PR); Força Sindical/PR; Nova Central Sindical dos Trabalhadores (NCST/PR);  Pública Central Sindical do Servidor/PR e União Geral dos Trabalhadores (UGT/PR).

Foto: Dálie Felberg/Alep

Fonte: Brasil de Fato

Close