A Comissão Executiva dos Empregados da Caixa Econômica Federal (CEE/Caixa), que assessora a Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT), reivindicou por ofício, enviado na tarde desta quarta-feira (24), que a Caixa se pronuncie oficialmente sobre as recentes decisões do Tribunal de Contas da União que consideram ilegais as admissões de empregados ocorridas sob a égide de ações judiciais trabalhistas.

“Sabemos que os colegas estão recebendo notificações do TCU e isso tem gerado pânico e sofrimento pelo receio de serem desligados a qualquer momento. Bom, nossa assessoria jurídica está fazendo o acompanhamento e a priori se a justiça não reverter o que decidiu até o momento não teremos outros impactos. Mas estamos cobrando a posição da CAIXA.”, explicou Fabiana Uehara Proscholdt, secretária da Cultura da Contraf-CUT e coordenadora da CEE/ Caixa.

Fonte: Contraf-CUT

Escreva um comentário

Rua XV de novembro, 270, sala 510, Centro, Curitiba-PR, CEP 80020-310, Fone (41)-33229885, Fax (41)-33245636, fetec@fetecpr.org.br