[email protected] | (41) 3322-9885 | (41) 3324-5636

Por 10:41 Sem categoria • 8 Comments

ASSOCIAÇÃO BAMERINDUS – CARTA ABERTA

ASSOCIAÇÃO BAMERINDUS

Carta aberta

História

A Associação Bamerindus que tem 48 anos sempre foi uma entidade sem transparência, ou seja, ninguém sabia como funcionava. Suas eleições eram restritas, ninguém ficava sabendo de nada.

Quando houve a intervenção do Banco Central no Bamerindus e a transferência do banco para o HSBC, o movimento sindical bancário se articulou para impedir que o patrimônio da AB que é dos bancários fosse parar junto com a massa falida do Bamerindus.

De lá para cá, com nossa atuação, mesmo sendo absolutamente minoria na diretoria da AB, conseguimos dar alguma transparência a Associação. Dentre outras coisas, dar publicidade aos processos eleitorais, colocar nos murais de todos os clubes os balanços financeiros e principalmente eliminar a filiação compulsória.

Novo estatuto

Sempre cobramos a renovação do estatuto de forma torná-lo mais democrático. Já em 1998 apresentamos um projeto de renovação que, infelizmente, não foi levado adiante.

Agora, no dia 24 de novembro, fomos convocados para aprovar um novo estatuto. Mas o método utilizado para construção do documento foi autoritário. Desde o início do debate propomos estabelecer a participação da mulher estabelecendo um percentual, pois hoje não há nenhuma mulher na diretoria da AB. Reivindicamos que os sócios fossem tratados de forma igual, que fosse reduzido o prazo para o sócio ser presidente – a proposta é de 25 anos- que o valor da mensalidade fosse aprovado em assembléia- hoje a diretoria é que resolve, e que os clubes regionais também escolhessem seus representantes, atualmente indicados do conselho, dentre outras. Infelizmente, nenhuma destas sugestões constam do estatuto que está sendo submetido à aprovação.

Entretanto, apesar desses problemas, a aprovação deste novo estatuto inviabilizará a possibilidade da Associação ser considerada parte da massa falida do Bamerindus, ficando assim consolidado como nosso o patrimônio da AB.

O que faremos?

Mesmo sendo o novo estatuto muito aquém do ideal, cada associado, dentro de seu ponto de vista, vai decidir e votar. Continuaremos lutando por uma AB para todos. Acompanhe todas as notícias no site da comissão dos funcionários – www.fetecpr.org.br – após clique em Comissão de Empresa.

Comissão de Organização dos Empregados do HSBC e Sindicato dos Bancários

Por 10:41 Notícias

ASSOCIAÇÃO BAMERINDUS – CARTA ABERTA

ASSOCIAÇÃO BAMERINDUS
Carta aberta
História
A Associação Bamerindus que tem 48 anos sempre foi uma entidade sem transparência, ou seja, ninguém sabia como funcionava. Suas eleições eram restritas, ninguém ficava sabendo de nada.
Quando houve a intervenção do Banco Central no Bamerindus e a transferência do banco para o HSBC, o movimento sindical bancário se articulou para impedir que o patrimônio da AB que é dos bancários fosse parar junto com a massa falida do Bamerindus.
De lá para cá, com nossa atuação, mesmo sendo absolutamente minoria na diretoria da AB, conseguimos dar alguma transparência a Associação. Dentre outras coisas, dar publicidade aos processos eleitorais, colocar nos murais de todos os clubes os balanços financeiros e principalmente eliminar a filiação compulsória.
Novo estatuto
Sempre cobramos a renovação do estatuto de forma torná-lo mais democrático. Já em 1998 apresentamos um projeto de renovação que, infelizmente, não foi levado adiante.
Agora, no dia 24 de novembro, fomos convocados para aprovar um novo estatuto. Mas o método utilizado para construção do documento foi autoritário. Desde o início do debate propomos estabelecer a participação da mulher estabelecendo um percentual, pois hoje não há nenhuma mulher na diretoria da AB. Reivindicamos que os sócios fossem tratados de forma igual, que fosse reduzido o prazo para o sócio ser presidente – a proposta é de 25 anos- que o valor da mensalidade fosse aprovado em assembléia- hoje a diretoria é que resolve, e que os clubes regionais também escolhessem seus representantes, atualmente indicados do conselho, dentre outras. Infelizmente, nenhuma destas sugestões constam do estatuto que está sendo submetido à aprovação.
Entretanto, apesar desses problemas, a aprovação deste novo estatuto inviabilizará a possibilidade da Associação ser considerada parte da massa falida do Bamerindus, ficando assim consolidado como nosso o patrimônio da AB.
O que faremos?
Mesmo sendo o novo estatuto muito aquém do ideal, cada associado, dentro de seu ponto de vista, vai decidir e votar. Continuaremos lutando por uma AB para todos. Acompanhe todas as notícias no site da comissão dos funcionários – www.fetecpr.org.br – após clique em Comissão de Empresa.
Comissão de Organização dos Empregados do HSBC e Sindicato dos Bancários

Close