(Amsterdã) O banco holandês ABN-AMRO anunciou nesta quinta-feira, em comunicado, que demitirá 1.500 pessoas durante os próximos 18 meses após a transferência de suas atividades de informática a cinco empresas, entre elas a IBM.

As empresas de serviços de informática escolhidas são a IBM, que será responsável pela rede de infra-estrutura, as empresas indianas Infosys e Tata Consultancy Services, que serão responsáveis pela manutenção do software, e as três empresas, junto a Patni e a Accenture, farão o desenvolvimento de novas aplicações.

O contrato com as cinco empresas de tecnologia, que entrará em vigor em novembro e durará cinco anos, custará 1,8 bilhão de euros ao ABN-AMRO.

O banco holandês espera economizar 258 milhões de euros a partir de 2007 com essa reestruturação, segundo a nota. Após as demissões, o departamento tecnológico e de informática do ABN-AMRO contará com 1.800 pessoas.

Esta medida é parte de um plano com que o banco holandês espera conseguir economizar 600 milhões de euros anuais a partir de 2007.

Fonte: EFE

Escreva um comentário

Rua XV de novembro, 270, sala 510, Centro, Curitiba-PR, CEP 80020-310, Fone (41)-33229885, Fax (41)-33245636, fetec@fetecpr.org.br