O IBGE divulga hoje, às 10h, os primeiros resultados da Contagem da População 2007. Neste mesmo dia, o Diário Oficial da União publicará a população de todos os 5.564 municípios do país, de acordo com a Lei complementar nº 59, de 22 de dezembro de 1988, e com o artigo 102 da Lei nº 8443, de 16 de julho de 1992. Também a partir de as prefeituras serão informadas por meio de Ofício do IBGE sobre a população de seus municípios.Os Dados preliminares são resultado da Contagem da População dos Censos 2007, que já recenseou mais de 105 milhões de pessoas e cerca de 34 milhões de domicílios em todo o Brasil.A Contagem da População foi realizada em 5.414 municípios com até 170 mil habitantes e em mais 21 municípios 1 situados em 14 estados onde, além da capital, um ou dois excedem esse teto de população, permitindo, dessa forma, totalizar a população desses estados com base nos resultados da Contagem da População. Para os 129 municípios restantes, incluindo o Distrito Federal, onde não houve Contagem, repetiu-se preliminarmente a estimativa da população de 2006. A Contagem da População já recenseou mais de 105 milhões de pessoas e cerca de 34 milhões de domicílios em todo o Brasil.

Os resultados de 31 de agosto ainda são preliminares, mesmo com o processo de coleta de informações finalizado. Em alguns municípios, uma parcela significativa dos domicílios visitados estava fechada ou houve recusa em atender ao recenseador, o que prejudicou a realização da entrevista. Desta forma, de 1º a 12 de setembro, os recenseadores retornarão a estes domicílios para atualização dos dados populacionais e, assim, concluir a Contagem da População com informações como o número de moradores do domicílio, idade e sexo de cada pessoa. Também a partir de hoje as prefeituras serão informadas por meio de Ofício do IBGE sobre a população de seus municípios.

A relação final da população dos 26 estados e do Distrito Federal, e dos 5.564 municípios e Brasil será divulgada no dia 24 de setembro de 2007, e, neste mesmo dia, será também objeto de nova publicação no Diário Oficial da União. A rotina da divulgação das estimativas das populações municipais prevê, ainda, um período de 20 dias para que as prefeituras possam apresentar reclamações fundamentadas ao IBGE, que decidirá conclusivamente. Entretanto, para os municípios que ainda dependem da complementação da pesquisa, este prazo será estendido até 15 de outubro. Por fim, no dia 31 de outubro, o IBGE encaminhará os resultados finais ao Tribunal de Contas da União, que os utilizará como base de cálculo das quotas referentes ao Fundo de Participação dos Municípios (FPM). Já as informações complementares sobre sexo e idade da população serão divulgadas dia 28 de dezembro.

Os números preliminares da Contagem podem ser acessados em:
www.ibge.gov.br/home/estatistica/populacao/contagem2007/default.shtm

Censo Agropecuário coletou informações em 5,2 milhões de estabelecimentos

As operações dos Censos 2007 também incluem a coleta de dados do 10º Censo Agropecuário, que já encerrou suas atividades de campo em todo o país, com a divulgação dos resultados prevista a partir de outubro. A fase atual é de processamento das informações coletadas. Foram encontrados e recenseados 5,2 milhões estabelecimentos agropecuários. Como uma novidade desta edição do Censo Agro, pode-se citar a chamada coleta descentralizada. Ela permite ao dono do estabelecimento agropecuário responder às perguntas mesmo que esteja fora de sua propriedade durante a visita do IBGE. Neste caso, o questionário é transmitido on line do computador de mão (PDA) de um recenseador para o de outro, mais próximo ao endereço em que esteja o entrevistado no momento. Do total de estabelecimentos que já foram apurados em todo o Brasil, 58.261 estão nesta situação, distribuídos pelas seguintes regiões: Norte (2.635), Nordeste (9.804), Sudeste (20.479), Sul (11.914) e Centro-Oeste (13.429).

O Censo Agro fornecerá à sociedade informações como número de estabelecimentos, área total (ha), condição legal das terras (próprias, aguardando titulação, arrendadas, em parceria, ocupadas), utilização da terra (lavouras, pastagens, matas e florestas, área irrigada), pessoal ocupado (total, com laço de parentesco e sem laço de parentesco), tratores, efetivo de animais (bovinos, bubalinos, caprinos, ovinos, suínos, aves), produção animal (leite, ovos, lã) e produção vegetal.

Informatização agiliza a divulgação de resultados

A grande inovação tecnológica dos Censos 2007 foi a utilização, pelas equipes de campo, de cerca de 82 mil PDA’s (Personal Digital Assistants), em substituição aos tradicionais questionários de papel. Dotados de equipamentos de GPS (Global Positioning System ou Sistema de Posicionamento Global, em português), eles possibilitaram a exata localização dos recenseadores nas áreas de coleta (setores censitários), bem como a captação precisa das coordenadas geográficas de estabelecimentos e domicílios da zona rural. As vantagens da coleta eletrônica foram inúmeras, principalmente no que diz respeito à rapidez e agilidade nas entrevistas, processamento das informações recolhidas e comunicação dos resultados à sociedade. Por isso, já em 31 de agosto é possível efetuar a divulgação preliminar tanto do número de habitantes e domicílios quanto da quantidade de estabelecimentos agropecuários do país. “Graças a essa tecnologia, temos informações que confirmam o processo de envelhecimento da população, com redução do número de nascimentos e aumento da expectativa de vida do brasileiro. A queda de fecundidade foi sinalizada até mesmo na área rural”, afirma o presidente do IBGE, Eduardo Pereira Nunes.

Para transmissão dos dados coletados pelos Censos 2007, o IBGE dispõe, além de sua própria estrutura formada por 27 Unidades Estaduais e 534 Agências Municipais, de pontos distribuídos em escolas, prefeituras e associações, que cedem espaço aos recenseadores, para que possam descarregar as informações e transmiti-las à sede do Instituto, no Rio de Janeiro. A rede de coleta do IBGE conta com 1.111 pontos com microcomputadores e acesso à internet por banda larga, 700 deles com transmissão via satélite. Os PDA’s serão utilizados também em outras pesquisas, como, por exemplo, a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD).
________________________________________________
(1) Rio Branco (AC), Arapiraca (AL), Maceió (AL), Manaus (AM), Macapá (AP), Imperatriz (MA), São Luís (MA), Campo Grande (MS), Dourados (MS), Cuiabá (MT), Várzea Grande (MT), Campina Grande (PB), João Pessoa (PB), Teresina (PI), Mossoró (RN), Natal (RN), Porto Velho (RO), Boa Vista (RR), Aracaju (SE), Nossa Senhora Do Socorro (SE), Palmas (TO).

Comunicação Social
31 de agosto de 2007

NOTÍCIA COLHIDA NO SÍTIO www.ibge.gov.br.

Escreva um comentário

Rua XV de novembro, 270, sala 510, Centro, Curitiba-PR, CEP 80020-310, Fone (41)-33229885, Fax (41)-33245636, fetec@fetecpr.org.br