Foto: Vida Bancária

Para reforçar a campanha #SantanderRespeiteOBrasil, dirigentes do Sindicato de Londrina estão realizando nesta terça-feira (28/07) atividade na agência da Rua Minas Gerais (antigo Banespa), para denunciar a conduta do banco espanhol com os trabalhadores e trabalhadoras brasileiros.

Foram colocados cartazes, faixas e banners na fachada da agência denunciando metas abusivas e a falta de compromisso do Santander com o movimento sindical, ao efetuar as demissões em massa em plena pandemia do novo coronavírus.

Leonardo Rentz, diretor do Sindicato de Londrina e representante do Vida Bancária na COE (Comissão de Organização dos Empregados do Santander), afirma que este ano o banco já mandou para o olho da rua 663 pais e mães de família no País, sendo 17 no Paraná.

“O Santander Brasil é a única filial do banco no mundo que está demitindo durante a pandemia. A justificativa da diretoria é que está sendo adotado o método da meritocracia, mas não concordamos com isso, porque 30% do lucro global está sendo gerado aqui e mesmo funcionários que atingiram as metas estão sendo dispensados”, argumenta.

Segundo Leonardo, a campanha #SantanderRespeiteOBrasil terá novas atividades na base do Sindicato de Londrina nos próximos dias para mobilizar não só os funcionários e funcionárias, mas também os clientes, que também estão sendo prejudicados com essa brutal redução de pessoal que o banco está fazendo no País.

Texto: Armando Duarte Jr.

Fonte: Vida Bancária

Escreva um comentário

Rua XV de novembro, 270, sala 510, Centro, Curitiba-PR, CEP 80020-310, Fone (41)-33229885, Fax (41)-33245636, fetec@fetecpr.org.br