[email protected] | (41) 3322-9885 | (41) 3324-5636

Por 13:33 Sem categoria

Plenária vai debater MP da Escravidão no dia 18

A Federação dos Trabalhadores em Empresas de Crédito do Paraná (Fetec-CUT-PR) realiza no próximo dia 18 uma plenária para debater a MP 1045, que também é conhecida como “MP da Escravidão”. O evento começa a partir das 19 horas e será transmitido pela página da Fetec no Facebook e no seu canal no YouTube.

Essa medida é mais um golpe do atual desgoverno contra as trabalhadoras e trabalhadores, uma vez que cria uma sub classe de profissionais que não terá direitos trabalhistas e ainda traz prejuízos para a categoria bancária, uma vez que a MP ataca a jornada de seis horas e reduz o adicional das horas extras, deixando os bancários e bancárias sujeitos à jornada de 8 horas mediante acordo individual ou acordo coletivo, fixando em 20% o adicional pelas horas extras que passam a compor a jornada normal de trabalho (sétima e oitava horas). Hoje, a legislação determina que a hora extra seja paga com adicional de 50% (segunda a sábado) e 100% (domingos ou feriados).

O presidente da Fetec, Deonísio Schmidt, faz um convite para que a categoria participe deste debate. “O assunto é de grande interesse para as nossas bancárias e bancários, pois o atual governo quer tirar um direito nosso conquistado na base de muito esforço. Não podemos permitir que nos prejudiquem, assim como não podemos fechar os olhos para uma ação que quer escravizar os trabalhadores. Vamos participar deste debate”, conclama.

A MP 1045 precisa ser aprovada pelo Congresso para ser convertida em lei antes de perder a validade, em 9 de setembro.

Serviço

Plenária Virtual MP (1045) da Escravidão

Dia: 18 de agosto

Horário: a partir das 19h

Local: Facebook da Fetec e canal do YouTube da Fetec

Texto: Flávio Augusto Laginski

Fonte: Fetec

Close