[email protected] | (41) 3322-9885 | (41) 3324-5636

Por 12:14 Destaque, Itaú

Encontro da Fetec reúne trabalhadoras e trabalhadores do Itaú

Dando sequência no Encontro Estadual dos Bancos Privados, a Federação dos Trabalhadores em Empresas de Crédito do Paraná (Fetec-CUT-PR) realizou na noite de ontem (11) o encontro com as trabalhadoras e trabalhadores do Itaú. Ao longo de duas horas, os presentes debateram as pautas específicas que serão levadas no Encontro Nacional, em junho.

O presidente da Central Única dos Trabalhadores do Paraná (CUT/PR) e bancário do Itaú Marcio Kieller enalteceu o encontro e acredita que a categoria tem que lutar para ser respeitada. “É preciso valorizar esta campanha e debater as demanda que serão levadas ao banco. Temos legitimidade para cobrar e exigir que o Itaú tenha mais atenção com seus trabalhadores e trabalhadoras. Precisamos construir um bom acordo, uma vez que estamos vivendo um período em que a inflação está em dois dígitos e, além disso, precisamos nos preocupar também em mudar o país. Não com armas, mas com democracia”, salienta

O deputado federal Enio Verri (PT-PR) foi convidado pela Comissão de Organização dos Empregados do Itaú (COE). Ele afirmou que o golpe de 2016 foi primordial para jogar o Brasil na situação em que se encontra. “Esse golpe tinha um objetivo definido que é o de destruir a Constituição de 1988. Por exemplo, a reforma trabalhista, que tirou os direitos dos trabalhadores, e destruiu o movimento sindical ao tirar a capacidade de financiamento, prejudicou bastante a população mais carente. Associado a isso, temos cada vez menos investimentos em educação, saúde, infraestrutura, entre outros. Agora temos esses juros altos da Selic. O trabalhador está em uma situação muito complicada”, afirma. O evento terminou com uma roda de perguntas para o deputado.

Veja como foi o evento

Texto: Flávio Augusto Laginski

Fonte: Fetec

Close