[email protected] | (41) 3322-9885 | (41) 3324-5636

Por 14:37 Saúde do Trabalhador

Sintomas de gripe? Afaste-se imediatamente

Diante da explosão de casos positivos da Covid-19, com a transmissão acelerada da variante Ômicron, e também da transmissão comunitária da Influenza (H3N2), o Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos Bancários, Financiários e Empresas do Ramo Financeiro de Curitiba e região reforça a necessidade dos trabalhadores se afastarem imediatamente ao sentirem qualquer sintoma de gripe ou terem contato com casos confirmados das doenças.

Continue mantendo todos os cuidados preventivos!

“O Sindicato tem recebido, diariamente, informações sobre dezenas de casos positivos da Covid-19 nas agências e departamentos. Independente da gravidade, a orientação é que já aos primeiros sintomas ou em caso de contato, o trabalhador se isole, procure a telemedicina do seu plano de saúde e faça o teste. Informe seu gestor e siga as orientações médicas. A proteção à saúde e à vida deve ser prioridade!” destaca a secretária de Saúde do Sindicato, Patrícia Carbornal. “O retorno ao trabalho não pode acontecer antes do resultado negativo ou até que haja liberação médica nos casos positivos”, acrescenta.

Confira a quais sintomas é preciso estar atento:
> Secreção nasal
> Tosse
> ‘Coceira’ na garganta
> Dor de cabeça
> Dor de garganta
> Dores musculares
> Febre
> Calafrios
> Prostração
> Diarreia

Contatante
É considerado contato direto (contatante) as seguintes situações: ter contato durante mais de quinze minutos a menos de um metro de distância; permanecer a menos de um metro de distância durante transporte; ou compartilhar o mesmo ambiente domiciliar.

Importância da vacina
O Sindicato destaca ainda a importância da imunização coletiva para o enfrentamento dessa nova onda da Covid-19. A vacina não impede a contaminação, mas é fundamental para induzir imunidade ao vírus e reduzir os casos graves, já que estimula o organismo a produzir anticorpos contra a doença. Além disso, a imunização coletiva, de pelo menos 70% da população, será capaz de barrar a livre circulação do Coronavírus, quebrando a cadeia de transmissão que leva a surtos e evitando que o vírus sofra muitas mutações (variantes). Vacine-se!

Fonte: SEEB Curitiba

Close