[email protected] | (41) 3322-9885 | (41) 3324-5636

Por 10:59 Notícias

METALÚRGICOS DA BOSCH ENCERRAM GREVE

Gazeta do Povo
Os 3,5 mil trabalhadores da indústria metalúrgica Robert Bosch Ltda., que tem sede na Cidade Industrial de Curitiba, aceitaram a proposta da empresa apresentada em assembléia na tarde de ontem e voltaram ao trabalho, depois de um dia de greve. Também decidiram voltar ao trabalho os 250 empregados da Metapar, que produz peças para a Bosch.
Segundo informações do Sindicato dos Metalúrgicos da Grande Curitiba, os 250 metalúrgicos da Trox do Brasil continuarão paralisados até que a greve seja julgada no Tribunal Regional do Trabalho (TRT), no dia 4 de dezembro. Os 1,8 mil funcionários da Case New Holland (CNH) se reúnem em assembléia a partir das 7 horas para decidir se entram ou não em greve hoje. Já os 230 funcionários da Molins do Brasil, que produz bens de capital para a indústria do fumo, na CIC, entraram em greve ontem por tempo indeterminado.
A proposta da Robert Bosch aprovada na assembléia de trabalhadores na tarde de ontem consiste na reposição do INPC do período dezembro de 2002 a novembro de 2003, até o teto de R$ 4,2 mil; abono no valor de R$ 650,00 a ser pago para todos os colaboradores, independentemente da faixa salarial, na data da segunda parcela da Participação dos Lucros e Resultados (PLR); aumento real de 2% a ser incorporado aos salários em dezembro de 2004 até o teto da categoria, que é de R$ 2,3 mil, acrescido da variação do INPC no período de dezembro de 2002 a novembro de 2003.
Para os funcionários com salário superior a este teto será incorporado um valor fixo correspondente a 2% deste teto.
A mesma proposta da Bosch foi aceita pelos empregados da Metapar, informou ontem a assessoria do Sindicato dos Metalúrgicos da Grande Curitiba.
De acordo com informações da Robert Bosch, a paralisação dos funcionários causou atrasos na entrega de pedidos de clientes, que serão recuperados rapidamente.
A empresa espera ainda que esta paralisação não tenha causado danos irrecuperáveis à sua imagem perante seus clientes, especialmente os de exportação.
Para a próxima segunda-feira, o Sindicato dos Metalúrgicos da Grande Curitiba está convocando os trabalhadores das empresas que não fecharam acordo salarial referente à campanha de 2003, para se reunirem em assembléia geral a partir das 19 horas. Na ocasião serão apresentadas as propostas apresentadas pelos sindicatos patronais Sindimetal e Sindimaq.

Por 10:59 Sem categoria

METALÚRGICOS DA BOSCH ENCERRAM GREVE

Gazeta do Povo

Os 3,5 mil trabalhadores da indústria metalúrgica Robert Bosch Ltda., que tem sede na Cidade Industrial de Curitiba, aceitaram a proposta da empresa apresentada em assembléia na tarde de ontem e voltaram ao trabalho, depois de um dia de greve. Também decidiram voltar ao trabalho os 250 empregados da Metapar, que produz peças para a Bosch.

Segundo informações do Sindicato dos Metalúrgicos da Grande Curitiba, os 250 metalúrgicos da Trox do Brasil continuarão paralisados até que a greve seja julgada no Tribunal Regional do Trabalho (TRT), no dia 4 de dezembro. Os 1,8 mil funcionários da Case New Holland (CNH) se reúnem em assembléia a partir das 7 horas para decidir se entram ou não em greve hoje. Já os 230 funcionários da Molins do Brasil, que produz bens de capital para a indústria do fumo, na CIC, entraram em greve ontem por tempo indeterminado.

A proposta da Robert Bosch aprovada na assembléia de trabalhadores na tarde de ontem consiste na reposição do INPC do período dezembro de 2002 a novembro de 2003, até o teto de R$ 4,2 mil; abono no valor de R$ 650,00 a ser pago para todos os colaboradores, independentemente da faixa salarial, na data da segunda parcela da Participação dos Lucros e Resultados (PLR); aumento real de 2% a ser incorporado aos salários em dezembro de 2004 até o teto da categoria, que é de R$ 2,3 mil, acrescido da variação do INPC no período de dezembro de 2002 a novembro de 2003.

Para os funcionários com salário superior a este teto será incorporado um valor fixo correspondente a 2% deste teto.

A mesma proposta da Bosch foi aceita pelos empregados da Metapar, informou ontem a assessoria do Sindicato dos Metalúrgicos da Grande Curitiba.

De acordo com informações da Robert Bosch, a paralisação dos funcionários causou atrasos na entrega de pedidos de clientes, que serão recuperados rapidamente.

A empresa espera ainda que esta paralisação não tenha causado danos irrecuperáveis à sua imagem perante seus clientes, especialmente os de exportação.

Para a próxima segunda-feira, o Sindicato dos Metalúrgicos da Grande Curitiba está convocando os trabalhadores das empresas que não fecharam acordo salarial referente à campanha de 2003, para se reunirem em assembléia geral a partir das 19 horas. Na ocasião serão apresentadas as propostas apresentadas pelos sindicatos patronais Sindimetal e Sindimaq.

Close