[email protected] | (41) 3322-9885 | (41) 3324-5636

Por 00:00 Sem categoria

CUT realizou manifestações em defesa dos usuários da Previdência Social

A Central Única dos Trabalhadores realizou na terça-feira, 27/11, em todo o Brasil, o lançamento da Campanha Nacional em Defesa da Previdência Social e dos Direitos dos Segurados, Aposentados e Pensionistas.

Em Umuarama e Assis Chateaubriand, o Sindicato dos Bancários e o Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Saúde distribuíram panfletos aos usuários e servidores da agência local da Previdência Social. Os sindicalistas também fizeram a entrega simbólica da pauta de reivindicações da CUT, contendo quinze itens. Além dos panfletos e do documento, durante o manifesto foi afixada no local uma faixa com os seguintes dizeres: “Previdência Social tem que ser com: Humanização, Transparência e Controle Social”.

Segundo Juraci Batista de Araújo, Presidente do Sindicato dos Bancários de Umuarama, Assis Chateaubriand e Região, a frase da faixa representa os três principais eixos da Campanha da CUT: “Em relação à Humanização, queremos melhor atendimentos aos usuários, através de contratação de mais servidores e mudança na postura dos médicos-peritos, que tratam o segurado como um criminoso em potencial, que quer fraudar a previdência, e não como um cidadão, sujeito de direitos.”

Maria Luiza Dosso Martins, presidente do Sindicato da Saúde, esclareceu que, em relação à segunda reivindicação, “o INSS é um órgão público e precisa prestar contas dos recursos que administra com total Transparência. O discurso de que as contas da previdência são deficitárias é recorrente, no entanto estudos da CUT comprovam que qualquer déficit eventualmente existente pode ser contornado com ações positivas, sem a necessidade de mais uma vez se confiscar direitos dos trabalhadores, que há muitos anos pagam a conta dos desmandos de sucessivos governos.”

Já Aninoel Pedro do Couto, coordenador da subsede do Sindicato dos Bancários em Assis Chateaubriand, informou que o Controle Social é uma das principais reivindicações da CUT no momento. “Queremos que o governo convoque o quanto antes uma Conferência Nacional de Previdência Social, com ampla participação dos trabalhadores, e que recrie com urgência o Conselho Nacional de Previdência Social, com representantes dos trabalhadores, dos empregadores, dos aposentados e do próprio governo. Há um preceito constitucional de que os trabalhadores têm direito a participar de conselhos constituídos para gerir recursos de fundos para os quais tenham contribuído. A lei, portanto, não sendo cumprida.”

O documento entregue pela CUT nas agências da Previdência Social, além dos itens mencionados acima, contêm reivindicações que beneficiam aposentados, beneficiários do auxílio-doença e do auxílio-acidente, os próprios servidores do INSS e a sociedade como um todo. Segundo Edilson José Gabriel, dirigente da CUT-PR em Umuarama, nesta data aconteceu apenas o lançamento da Campanha, que terá vários desdobramentos nos próximos meses.

NOTÍCIA COLHIDA NO SÍTIO www.cutpr.org.br.

Close