[email protected] | (41) 3322-9885 | (41) 3324-5636

Por 14:32 Notícias, Recentes

Doria anuncia desistência da candidatura a presidente, ‘de coração ferido’

O ex-governador de São Paulo João Doria (PSDB) desistência de disputar a presidência da República. Em anúncio feito nesta segunda-feira (23), Doria admitiu que não conseguiu convencer a cúpula do PSDB em abraçar sua candidatura. “Entendo que não sou a escolha da cúpula do PSDB, me retiro da disputa com o coração ferido, mas com a alma leve”, afirmou.

A decisão do ex-governador vem às vésperas da reunião da executiva do PSDB para definir a posição da legenda na eleição de outubro. Na realidade, todas as pesquisas apontam o nome de João Doria como o mais rejeitado pela opinião pública, inclusive no estado de São Paulo. Desse modo, os partidos que têm conversado sobre unificar um nome que assuma a condição de “terceira via” não veem margem para o tucano ir além dos 3% a 5% nas pesquisas.

A retirada de Doria abre brecha para que a senadora Simone Tebet (MDB-MS). PSDB. MDB e Cidadania negociam lançar candidatura única. Simone Tebet também se posiciona abaixo dos 3% nas pesquisas, mas os aliados avaliam que a senadora tem mais chance de crescer. É mulher, teve atuação destacada na CPI da Covid e, por ser pouco conhecida nacionalmente, tem taxa de rejeição baixa.

O MDB e o PSDB foram os principais articuladores do golpe de 2016, que destituiu Dilma Rousseff para impor o programa de governo que havia sido derrotado nas urnas. Caso as legendas definam o nome de Simone Tebet, o MDB se apresentará dividido nas eleições. Uma parte, ligada a Michel Temer e mais próxima ao Centrão, apoia Bolsonaro. Outra, ligada ao senador Renan Calheiros (MDB-AL), apoia o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Fonte: RBA

Close